Obras de acesso a Confins terminam até o fim de maio

Intervenções na LMG–800 e na MG– 424 estão 95% prontas

iG Minas Gerais | Fabíola Prado |

Quase pronto. Acesso ao aeroporto de Confins pela LMG–800 e pela MG–424 está adiantado
Divulgacao / DER-MG
Quase pronto. Acesso ao aeroporto de Confins pela LMG–800 e pela MG–424 está adiantado

Diferentemente das obras do aeroporto de Confins, que se encontram atrasadas, as intervenções na LMG–800 e na MG–424 – rodovias que dão acesso ao terminal – já estão com 95% dos trabalhos concluídos e serão entregues até o fim deste mês. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), falta apenas finalizar a sinalização vertical e horizontal, iluminação e obras complementares.

Ainda de acordo com o DER/MG, as obras beneficiarão 2,9 milhões de pessoas de nove municípios – Belo Horizonte, Conceição do Mato Dentro, Confins, Jaboticatubas, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Santa Luzia, São José da Lapa e Vespasiano. Ao todo, foram recuperados 16,8 km, além de terem sido construídos um viaduto, uma passagem inferior e três passarelas – que, somados, completam 29 km.

Realizada pelo DER-MG, com recursos da Secretaria de Estado de Turismo e Esportes (Setes-MG), as obras fazem parte do projeto para o vetor Norte, lançado pelo governo de Minas, e tiveram investimento de R$ 373 milhões.

Segundo o DER-MG, as intervenções preveem ampliar a capacidade das vias e melhorar o trânsito para o aeroporto; criar uma nova alternativa de acesso ao aeroporto de Confins, principalmente durante a Copa do Mundo; duplicar parte da LMG–800, e construir o contorno de Lagoa Santa e a ponte sobre o rio das Velhas, que estão em execução, para facilitar o acesso à região da serra do Cipó.

Além disso, as obras podem impulsionar a transformação da região em um complexo industrial de alta tecnologia a partir do projeto do aeroporto-indústria.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave