Beleza e apelo exclusivo

Decoração deve instigar um novo olhar e propor diálogos por meio de peças curingas

iG Minas Gerais | Ana Paula Braga |

Espelho com moldura talhada e em tom dourado tem presença marcante
Uarlen Valério
Espelho com moldura talhada e em tom dourado tem presença marcante
Além do ganho estético para a decoração, os itens luxuosos carregam o apelo da exclusividade, com desenhos únicos e sóbrios. “São peças bastante requintadas, que entram no ambiente contemporâneo como uma luva e dão mais charme e beleza aos ambientes da casa”, ressalta Márcio Ferreira. Segundo ele, atualmente são os jovens que despontam como exímios consumidores do requinte exclusivo, principalmente pelo fato de viajarem cada vez mais para fora do país, ampliando a oportunidade de vivenciar novas culturas e experiências que servem de inspiração para compor projetos de arquitetura e design de interiores.    Na opinião da decoradora Sandra Penna, que foi conferir de perto as últimas novidades da 42ª Kips Bay Decorator Show, em Nova York, a decoração precisa de detalhes que fazem a diferença nos espaços da casa, com peças que ficam na memória e têm presença marcante. “A proposta de explorar elementos de conversação, que instigam um novo olhar e estimulam diálogos, ganha um valor muito importante na decoração. Para essa mostra, procuramos resgatar esse conceito com peças antigas, que são verdadeiros legados, heranças de família”, pontua.   A gerente da loja Abatjour de Arte, Natália Vasconcelos, diz que já existem conceitos bem-definidos sobre uma decoração “luxuosa”, que estão relacionados ao valor, à disponibilidade e à qualidade dos materiais. Entretanto, o efeito luxuoso vai um pouco mais além. “O luxo dos dias atuais nos remete ao ‘tempo’. Neste caso, é ter tempo para usufruir dos bens e aproveitar o nosso espaço, é ter uma casa para ser vivida”, afirma.   A decoração de interiores, o saber fazer cenários e a arquitetura personalizada tem influído muito na qualidade de vida dos moradores. Para a arquiteta Myrna Porcaro, ao buscar um projeto exclusivo e autêntico, o foco do trabalho vai muito além ao tentar criar um espaço que imprima, de fato, a cara do morador e as vivências da casa.  “As pessoas gostam de sentir a história da família naquele ambiente, de ter uma identificação maior com o espaço onde vivem. E o profissional que atua nessa área passou a ter um papel muito importante em relação a esse novo conceito, pois querem que ele seja um instrumento para viabilizar o bem-estar, um viver mais gostoso”, ressalta. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave