Interino faz mistério, mas diz manter 'estilo Kleina'

Alberto Valentim afirmou que a equipe deve ter a cara do antigo treinador

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Palmeiras treinou na manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol e o técnico interino Alberto Valentim definiu o time que enfrenta o Goiás, sábado, no Pacaembu. Entretanto, o substituto momentâneo de Gilson Kleina não quis divulgar a escalação e comandou um treinamento fechado - sem a presença da imprensa. Segundo ele, existem algumas mudanças, mas a equipe deve ter a cara do antigo treinador.

"A base é o time que vinha jogando. Como estou começando, procuro pegar um pouco de dicas de todos que estão em minha volta. Sou atento para pegar as coisas boas de quem está ao meu lado. Aprendi muito com ele (Kleina). Ele me dava total liberdade para conversarmos e teremos muito do Kleina neste jogo", avisou o treinador.

A dúvida de Alberto, segundo ele, é pela questão física, já que a equipe chegou do Maranhão, onde perdeu para o Sampaio Corrêa, na madrugada de quinta-feira e teve pouco tempo para descansar. "A gente está falando de dois dias. Tivemos uma viagem desgastante e não tivemos tempo para treinar. Acertei algumas coisas que poderiam ser acertadas. A base é a que vinha jogando com o Gilson. Não tem como mudar muita coisa em tão pouco tempo" avisou.

Quando a imprensa teve acesso ao treinamento, 11 jogadores de linha estava treinando pênaltis e alguns sentados, conversando. Enquanto isso, o restante do elenco fazia um rachão no campo paralelo. Bruno e Fábio, que disputam a vaga de titular, estavam treinando pênaltis com Mendieta, Valdivia e Henrique.

Pelos atletas que estavam "separados", o time deve ir a campo com: Bruno; Wendel, Marcelo Oliveira, Lúcio e Juninho; Renato, Wesley, Mendieta e Valdivia; Diogo (Leandro) e Henrique.

Leia tudo sobre: futebolesportegilson kleinainterinopalmeirastreinador