Corrupção na Petrobras influenciou crescimento em pesquisa, diz Aécio

O candidato do PSDB se referiu à pesquisa Datafolha divulgada hoje na qual o tucano cresceu quatro pontos percentuais e a presidente oscilou negativamente

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

 O presidenciável tucano, Aécio Neves, afirmou hoje que o crescimento nas pesquisas se deve às provas que estão aparecendo contra o governo federal, comandado pela petista Dilma Rousseff, no caso da gestão petista da Petrobras.

"As denúncias de corrupção influenciaram [no resultado da pesquisa]. Afinal, uma quadrilha estava levando a Petrobras à situação de insolvência e a população está vendo isso", afirmou ele, que participou de uma sabatina na manhã de hoje no auditório do Hotel Jatiúca, por empresários ligados às Fiea (Federações das Indústrias do Estado de Alagoas).

O candidato do PSDB se referiu à pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9) na qual o tucano cresceu quatro pontos percentuais (de 16% para 20%) e a presidente oscilou negativamente (de 38% para 37%) entre abril e maio. O quadro aumenta as chances de haver segundo turno nas eleições presidenciais deste ano.

Segundo Aécio, porém, as pesquisas não são a eleição. O tucano afirmou que toda vez que vem a Alagoas, ele sobe nas pesquisa. Aécio lembrou que há 30 anos esteve em Maceió com Tancredo Neves, seu avô, poucos dias antes de derrotar Paulo Maluf no Colégio Eleitoral e se eleger presidente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave