BH pode oferecer 80 mil vagas para crianças em Umeis até 2016

Informação foi divulgada durante uma audiência pública na câmara da capital nessa quinta-feira; em paralelo, outro projeto prevê o aumento no número de servidores na educação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Destaque. Estrutura da Umei Timbiras, no centro, é bastante elogiada pelos pais que conseguem vagas
FERNANDA CARVALHO - 22.10.2013
Destaque. Estrutura da Umei Timbiras, no centro, é bastante elogiada pelos pais que conseguem vagas

No prazo de dois anos, Belo Horizonte pode ter, no total, 153 Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) e oferecer 80 mil vagas. A informação foi divulgado durante uma audiência pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte, nessa quinta-feira (8). Durante a pauta,  realizada pela Comissão de Legislação e Justiça, e contou com a participação de representantes da Secretaria Municipal de Educação, de professores e de sindicatos do setor, foram discutidas propostas para o futuro da educação infantil.

Um plano de parceria público-privada (PPP), firmada com a empresa Inova, do Grupo Odebrecht, pode, segundo a Secretaria Municipal de Educação, ampliar as unidades. A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) também vai construir 12 Umeis usando Recursos do Tesouro Municipal.

Além disso, paralelamente,  tramita na câmara da capital mineira o projeto de lei 1.032/14, de autoria do Executivo, que visa aumentar a quantidade de servidores na educação para fazer à ampliação da rede. O projeto proposto prevê a criação de mais 2 mil cargos de professor para educação infantil, 300 para auxiliar de secretaria, 14 na área de biblioteconomia e 80 de vice-direção. O texto recebeu parecer pela aprovação nas comissões pelas quais passou e, para se transformar em lei, precisa ser aprovado, em dois turnos, pelo plenário da Câmara.

Durante a reunião, educadores e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública de BH (SindREDE/BH) avaliaram positivamente a ampliação do número de Umeis, assim como o vereador Marcelo Aro, que destacou a relevância da criação de novas vagas na sistema público de educação. O parlamentar apontou, contudo, que tão importante quanto ampliar a rede é garantir a qualidade do funcionamento das Umeis que já existem, assegurando uma boa infraestrutura e adequadas condições de trabalho para o funcionalismo do setor. 

 

Com informações da Superintendência de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de Belo Horizonte

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave