População cobra soluções eficazes

iG Minas Gerais | Jáder Rezende |

A instalação de placas indicando o risco de carrapatos no Parque Ecológico da Pampulha divide a opinião da população. Alguns consideram esse tipo de ação benéfica, mas outros lamentam que o poder público não tome medidas mais eficazes.  

O vendedor João Carlos Ferreira, 40, que ontem passeava com o filho na orla da lagoa, considera a ação correta e defende a permanência das capivaras na área. “Desde que elas sejam constantemente acompanhadas por um veterinário”, observou.

Para o motorista Luiz Otávio Oliveira, 30, as várias modalidades de placas de alerta espalhadas pela cidade refletem a incapacidade dos governantes. “É uma forma mais fácil de o poder público transferir a própria responsabilidade para o cidadão”.

receio. A telefonista Helena Lacerda, 54, que caminha diariamente na orla da Pampulha, considera os avisos uma forma mais prática de alertar a população para os riscos, mas confessa que sobram motivos para preocupações. “A gente fica assustada”. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave