Secretário interino de Saúde explica problemas ligados a área

Luciano Fernandes Novais participou, na última quarta-feira (7), de uma reunião com a Comissão Externa de Saúde e esclareceu alguns questionamentos da população

iG Minas Gerais |


Explicações.
 

Em reunião com a Comissão Externa de Saúde, secretário interino falou dos problemas da área
kelly goncalves
Explicações. Em reunião com a Comissão Externa de Saúde, secretário interino falou dos problemas da área

Na última quarta-feira (7), a Comissão Externa de Saúde da Câmara Municipal de Contagem recebeu o secretário interino de Saúde, Luciano Fernandes Novais. O secretário, que foi convidado pelos parlamentares para esclarecer os problemas ligados à área, falou sobre diversos assuntos na reunião.

Questionado sobre as denúncias de falta de medicamentos nas farmácias, Luciano explicou que cerca de 40% da ausência de remédios se dá pela falta de envio do governo estadual. “Já estamos cuidando deste problema e temos um projeto em que as pessoas não precisarão ir buscar o medicamento, ele será entregue em casa”, afirmou.

Novaes também falou das dificuldades encontradas e dos esforços que estão sendo feitos para que a população consiga, de fato, ser melhor atendida. Ele também destacou o trabalho de planejamento e reestruturação que vem ocorrendo no município.

Os parlamentares expuseram as principais demandas da população, como a falta de médicos, infraestrutura, solicitaram também o aumento de equipes de PSF (Programa Saúde da Família) nas regiões mais populosas e cobraram uma maior proximidade dos gestores de unidades de saúde com a comunidade.

Cada parlamentar expôs a sua opinião a respeito dos problemas e suas ideias e propostas para tentar resolvê-los. Em suas falas mostraram uma só preocupação: que a população contagense possa ser atendida com dignidade e respeito ao procurar atendimento em Saúde.

O vereador Alex Chiodi aproveitou o encontro para pedir o cumprimento da Lei n.º 118/09, de sua autoria, que se faz obrigatória a afixação de quadro, em todas as unidades de saúde do município, contendo as especialidades médicas disponíveis com seus respectivos dias e horários de atendimentos. “Sabemos que apenas o quadro não irá resolver todas as dificuldades na área da saúde em nosso município, mas acredito que a partir da afixação deste – com os horários, os dias e as especialidades médicas disponíveis em todas as unidades de saúde – teremos a inibição de alguns problemas, como aqueles em que as pessoas chegam aos postos de saúde, ou policlínicas, e ouvem que ali não tem determinado médico”, argumentou.

No final da reunião, o secretário municipal de saúde se colocou à disposição e se mostrou aberto ao diálogo. Ficou acertado que será cumprida uma agenda periódica, na qual secretaria e comissão de saúde se reunirão para discutir as demandas da população e levar respostas.

Participaram da reunião os vereadores: Alex Chiodi, Caxicó, Decinho Camargos, Isabella Filaretti, Jair Tropical, Ricardo Faria, Rogério Marreco, Zé Antônio e Zé de Souza.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave