Argentinos irão fiscalizar torcedores que cruzarem a fronteira

Agência tributária local seguirá de perto os cidadãos que fizerem compras com cartões de crédito ou débito

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A agência tributária argentina irá fiscalizar os cidadãos de seu país que virão ao Brasil para a Copa do Mundo, segundo informou o administrador federal de Renda Públicas da Argentina, Ricardo Echegaray.

Os torcedores que fizerem compras com cartões de crédito ou débito em passagens de avião, hospedagem em hotéis e entrada nos jogos serão tributados.

“Temos sistemas de informação de todos os tipos, inclusive, com a Receita Federal do Brasil”, disse Echegaray. A agência tributária da Argentina vai comparar os valores declarados pelos torcedores com os gastos com cartões.

Muitos turmas de amigos argentinos já se organizam para viajar para o Brasil, seja de avião, trailers ou carros.

Os hermanos estão entre os estrangeiros que mais compraram ingressos para a Copa, mas há a expectativa que muitos viagem sem as entradas e que compre no país. Na primeira fase, a Argentina vai jogar no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e em Belo Horizonte.

Leia tudo sobre: CopaArgentinavizinhopaísesporte