Romeno do UPCN revela torcida pela Argentina na Copa do Mundo

Depois de ver seus compatriotas serem eliminados pela Grécia na repescagem, Olteanu não teve outra opção a não ser torcer pelos 'hermanos'

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Durante o Mundial de clubes de vôlei, que acontece no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte, estão reunidos nada menos do que times de oito países. No entanto, o número de nacionalidades presentes é mais que o dobro, 17.

Enquanto alguns destes países estarão representados na Copa do Mundo do Brasil, outros terão que assistir ao torneio pela televisão. É o caso de atletas de locais como Romênia, Cuba e Bulgária, que não viram suas seleções conseguir a classificação para a competição no Brasil.

O ponta romeno Olteanu, do UPCN-ARG, é um destes. Depois de ver seus compatriotas serem eliminados pela Grécia na repescagem, ele não teve outra opção a não ser torcer pela Argentina. “Se não for assim, me mandam de volta para casa. Fiquei triste porque temos uma geração talentosa, mas que não consegue ir para a Copa há alguns anos já”, lamenta o atleta, natural de Bucareste.

Para ele, Argentina, Brasil e Alemanha são os favoritos.

Confira todos os países representados no Mundial de clubes de vôlei

Brasil Argentina Romênia Cuba Catar Bulgária Itália EUA Rússia Alemanha Venezuela Porto Rico Tunísia Portugal Marrocos Holanda Irã