Dilma faz visita e conhece palco da abertura da Copa do Mundo

Durante cerca de uma hora, presidente conheceu as instalações do estádio do Corinthians

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A presidente Dilma Rousseff fez na tarde desta quinta-feira uma visita ao Itaquerão, uma das 12 sedes brasileiras da Copa. Durante cerca de uma hora, ela conheceu as instalações do estádio do Corinthians, localizado na zona leste de São Paulo, que ainda está em obras para receber a abertura do Mundial, no dia 12 de junho, com o jogo entre Brasil e Croácia.

Dilma tem visitado todos os estádios construídos ou reformados para a Copa. Agora, com a ida ao Itaquerão, resta passar apenas pela Arena da Baixada, em Curitiba, onde ela estará nesta sexta-feira. Em todos, a presidente cumpre um roteiro parecido, conhecendo as principais instalações, cumprimentando alguns operários e passeando rapidamente pelo gramado.

Dessa vez, Dilma não deu entrevistas. Acompanhada de diversas autoridades e representantes do Corinthians, a presidente posou para fotos com alguns operários que trabalharam na construção do estádio. E recebeu das mãos de um deles um capacete dourado, chegando a colocá-lo na cabeça. Depois, ainda cumprimentou um grupo de crianças que estava nas arquibancadas.

Entre as autoridades presentes estavam o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o ministro do Turismo, Vinicius Lages, e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. Também participaram os principais representantes do Corinthians, como Mário Gobbi, atual presidente do clube, e Andrés Sanchez, que já foi presidente e hoje é o principal responsável corintiano pelo estádio.

Neste sábado, a diretoria corintiana organiza um evento para marcar a inauguração do Itaquerão. Será um amistoso entre o time atual e uma seleção de ex-jogadores do clube, quando deve ser liberada a entrada de um público de 20 mil pessoas. O primeiro jogo oficial será no dia 18 de maio, entre Corinthians e Figueirense, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo entre Corinthians e Figueirense servirá como um evento-teste oficial antes da entrega do estádio para a Fifa. E a expectativa é de que pelo menos uma parte das arquibancadas provisórias, que ainda estão sendo montadas e aumentam a capacidade do estádio para 68 mil lugares, já seja utilizada - deve ser liberado um público de cerca de 50 mil torcedores.

Além de ser palco da abertura, o Itaquerão receberá outros cinco jogos da Copa: Uruguai x Inglaterra, Holanda x Chile, Coreia do Sul x Bélgica, um das oitavas de final e um da semifinal. Inicialmente orçado em R$ 820 milhões, o custo da construção do estádio do Corinthians ficará bem acima disso. Segundo Andrés Sanchez, a conta já chega a R$ 1,150 bilhão.

Leia tudo sobre: Copa do Mundodilma roussefffutebolesporteitaqueraoaberturapresidente