Justiça suspende liminar e passagem de ônibus em BH pode aumentar

A ação civil pública movida pelo Ministério Público no início da semana, no entanto, continua em curso e ainda não foi analisada pela Justiça

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

A Justiça suspendeu a decisão que proibia o reajuste das passagens de ônibus em Belo Horizonte. A liminar foi concedida em abril, pela 4ª Vara de Feitos da Fazenda Municipal a pedido de Eduardo Nepomuceno, promotor do Patrimônio Público. Na época, Nepomuceno entrou com uma ação cautelar argumentando o fato de a conclusão do estudo da Ernst & Young ter atrasado oito meses.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o juiz Renato Luís Dresch entendeu que não há mais a necessidade de liminar, uma vez que o prazo de 30 dias para a auditoria do estudo já foi encerrado. A ação civil pública movida pelo Ministério Público no início da semana, no entanto, continua em curso e ainda não foi analisada pelo juiz.

A suspensão da liminar abre caminho para que o preço das passagens de ônibus seja reajustado na capital.

Aguarde mais informações

Leia tudo sobre: passagemonibusreajustejustiçadecisão