América lamenta atuação da arbitragem no empate como Bahia

Treinador não gostou da arbitragem no empate sem gols com o Bahia, pela Copa do Brasil

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

América e Bahia não saíram do zero em Belo Horizonte
DENILTON DIAS/O TEMPO
América e Bahia não saíram do zero em Belo Horizonte

O empate sem gols com o Bahia no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil não agradou ao América, que após a partida lamentou a atuação da arbitragem. “Tenho que ter muita cautela para falar de arbitragem, porque neste campeonato a gente sempre se reencontra. Mas achei que o árbitro foi confuso. Isso acabou enervando jogadores das duas equipes. Ele marcou o pênalti em Obina e depois desmarcou, parou muito o jogo com faltinhas e deixou todo mundo nervoso”, declarou o técnico Moacir Júnior.

O lance citado pelo treinador americano aconteceu aos 28 minutos do primeiro tempo. O meia Tchô roubou a bola no meio-campo e lançou Obina, que sofreu a carga do zagueiro no momento em que se preparava para finalizar e caiu na grande área. O árbitro Célio Amorim assinalou a penalidade, mas, em seguida, consultou o auxiliar Carlos Berkembrock, e voltou atrás em sua decisão, marcando tiro de meta e ainda punindo o atacante americano com cartão amarelo, alegando simulação.

Pela boa apresentação do time, Moacir Júnior demonstrou confiança de que o América pode conseguir a vaga na terceira fase da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, quando o clube faz o jogo de volta contra o Bahia, no Estádio da Fonte Nova, em Salvador. “No jogo de hoje (quarta-feira) faltou o último passe e a bola insistiu em não entrar. Bateu na trave. Além de tudo isso, o juiz deu pênalti e o bandeirinha tira. Mediante tudo isso, o resultado foi positivo, embora a vitória fosse nosso primeiro objetivo, empatar seria o plano dois”, ressaltou o treinador americano.

Para seguir na competição, o América precisa de uma vitória simples na próxima quarta-feira. Se houver outro empate sem gols, a decisão será nos pênaltis. Antes de enfrentar os baianos, o Coelho volta suas atenções para a Série B do Campeonato Brasileiro. Hoje à tarde os jogadores retornam aos treinamentos no CT Lanna Drumond dando início aos preparativos para o jogo de sábado, em Bragança Paulista, contra o Bragantino. A partida será válida pela quarta rodada da competição. o time volta a atuar pela Série B. No próximo sábado, a equipe encara o Bragantino, em Bragança Paulista. 

Leia tudo sobre: americafutebolesportecoelhoarbitragembahiacopa do brasil