Nadal vence e pegará Berdych nas quartas em Madri

Espanhol confirmou o favoritismo nesta quinta-feira e segue firme em busca do seu quarto título no Masters 1000 de Madri

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Nadal venceu o finlandês Jarkko Nieminen por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4
DIVULGAÇÃO/RIO OPEN
Nadal venceu o finlandês Jarkko Nieminen por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4

O espanhol Rafael Nadal confirmou o favoritismo nesta quinta-feira e segue firme em busca do seu quarto título no Masters 1000 de Madri. Cabeça de chave número 1, o tenista não teve maiores dificuldades para derrotar o finlandês Jarkko Nieminen por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1h19min de partida. Agora, ele terá pela frente nas quartas de final o checo Tomas Berdych.

Número 1 do mundo, atuando diante de sua torcida e no piso que mais gosta, Nadal é o principal favorito ao título, e mostrou o porquê nesta quinta. Arrasador, o tenista quebrou cinco vezes o saque do adversário, sendo três no primeiro set. No segundo, até levou um susto quando Nieminen quebrou seu serviço e empatou, mas no décimo game devolveu a quebra para garantir a vitória.

Apesar do bom retrospecto em 2014, com 27 vitórias em 32 jogos, Nadal vem de duas derrotas inesperadas. Nas quartas de final em Montecarlo e em Barcelona, acabou caindo, respectivamente, diante de David Ferrer e Nicolas Almagro.

Depois de passar pelo 57.º do ranking pela oitava vez em oito partidas entre eles, Nadal deve ter mais dificuldades nas quartas de final, já que enfrenta o número 6 do mundo. No entanto, o retrospecto está todo a favor do espanhol. Em 20 confrontos, ele venceu 17, sendo que os únicos triunfos do checo foram em 2005 e 2006.

Para avançar, Berdych precisou suar bastante. Ele teve muita dificuldade nesta quinta-feira, mas superou o potente saque do búlgaro Grigor Dimitrov. O checo venceu o cabeça de chave número 12 por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/2, em 1h50min de partida.

Outro cabeça de chave que avançou nesta quinta foi o japonês Kei Nishikori. Vivendo grande momento no saibro, após o título em Barcelona, o décimo favorito do torneio passou pelo canadense Milos Raonic, cabeça de chave número 8, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/6 (7/5).

Bruno Soares

Pela chave de duplas, o brasileiro Bruno Soares acabou eliminado nesta quinta-feira no Masters 1000 de Madri. Ele e o austríaco Alexander Peya, cabeças de chave número 2, caíram diante do canadense Daniel Nestor e do sérvio Nenad Zimonjic, sextos favoritos do torneio, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4.

Leia tudo sobre: tenisesporterafael nadalmasters 1000madri