Rússia diz que Ucrânia enviou soldados para fronteira

Na quarta-feira, Putin afirmou que país estava retirando tropas da fronteira ucraniana; separatistas mantém data de referendo no Leste

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Ucrânia enviou 15 mil soldados para a fronteira com a Rússia antes do referendo de ativistas sobre secessão de novas regiões, disse o vice-ministro da Defesa russo, Anatoly Antonov, à Interfax nesta quinta-feira (8). Separatistas no leste da Ucrânia confirmaram que a votação vai acontecer no domingo, conforme planejado.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira que Moscou retirou suas tropas da fronteira para evitar confrontos.

Na quinta-feira, Putin elogiou o Ministério da Defesa russo por exercícios militares bem-sucedidos que foram realizados por meses nas regiões próximas à Ucrânia. O líder afirmou que as operações mostraram um alto nível de prontidão das tropas russas e boa execução dos exercícios pelos militares.

A Rússia lançou com sucesso mísseis balísticos no Oceano Pacífico e no Ártico durante seus exercícios no Casaquistão na quinta-feira, afirmou também o Ministério da Defesa russo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave