Dedé conta com apoio da China Azul para seguir vivo na Libertadore

Zagueiro acredita que o time conseguirá se impor dentro de casa e fazer o resultado necessário para garantir a classificação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Zagueiro do Cruzeiro afirmou que o brasileiro está correto em protestar
Washington Alves/VIPCOMM
Zagueiro do Cruzeiro afirmou que o brasileiro está correto em protestar

A derrota por 1 a 0 fora de casa no primeiro duelo das quartas de final da Libertadores não abateu o Cruzeiro. É o que garante o zagueiro Dedé, que, após o tropeço, adotou discurso otimista e aproveitou para convocar o torcedor para a decisão que o time terá no Mineirão na quarta-feira que vem.

“Temos que acreditar. Nosso time tem um potencial muito grande, é um time rápido que sabe jogar bem como mandante. Em casa o nosso time sabe fazer gols. Vamos chegar lá, fazer o nosso melhor e usar o torcedor como 12º jogador no Mineirão”, declarou o zagueiro.

O duelo da volta acontece no próximo dia 14 de maio e, se por um lado o Cruzeiro terá a vantagem de contar com o apoio da China Azul, por outro, terá a obrigação de vencer por pelo menos dois gols de diferença para passar direto à semifinal da Libertadores. Qualquer empate dá a vaga ao San Lorenzo. Resultado de 1 a 0 para a Raposa leva a decisão para os pênaltis.

Personagem do gol argentino por não ter conseguido acompanhar Gentiletti, autor do tento, Dedé comentou o lance e deu os méritos ao adversário, que soube ser mais ágil. Para o zagueiro, o revés foi uma punição para o time, que na opinião dele, vinha bem no jogo.

“O nosso time estava jogando bem e infelizmente tomamos um gol aqui em uma situação de bola parada, um tipo de lance que o nosso time é muito forte. O jogador foi rápido e a falta foi muito bem batida”, comentou.

Antes da decisão continental, o Cruzeiro terá nada menos que um clássico pela frente neste final de semana, pela Campeonato Brasileiro. O encontro com o Atlético está marcado para este domingo, às 16h, no Independência, pela 4ª rodada do Nacional.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposadedezagueiroLibertadoressan lorenzomineiraotorcidachina azul