Garis terceirizados voltam a trabalhar e efetivos cruzam os braços

Funcionários, que fazem principalmente a coleta hospitalar, reclamam do ajuste recebido pelos terceirizados

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

CIDADES: BELO HORIZONTE MG: PASSEATA DOS GARIS 
Em reuniao realizada na manha desta terça-feira (6), os servidores municipais da prefeitura de Belo Horizonte decidiram entrar em greve. A decisao foi tomada apos a PBH manter nesta segunda-feira (5) a proposta de aumento de 5,56% de reajuste salarial, e aumento de R$1,00 no vale alimentação. Os funcionários exigem aumento de 15% de reajuste e querem que o valor do vale alimentacao passe de R$17,00 para R$28,00.
Garis e demais servidores da saude e educacao seguem e, passeata para a avenida Afonso Pena , em frente a prefeitura.
Foto: Fernanda Carvalho/ OTEMPO / 06.05.2014
CIDADES: BELO HORIZONTE MG: PASSEATA DOS GARIS Em reuniao realizada na manha desta terça-feira (6), os servidores municipais da prefeitura de Belo Horizonte decidiram entrar em greve. A decisao foi tomada apos a PBH manter nesta segunda-feira (5) a proposta de aumento de 5,56% de reajuste salarial, e aumento de R$1,00 no vale alimentação. Os funcionários exigem aumento de 15% de reajuste e querem que o valor do vale alimentacao passe de R$17,00 para R$28,00. Garis e demais servidores da saude e educacao seguem e, passeata para a avenida Afonso Pena , em frente a prefeitura. Foto: Fernanda Carvalho/ OTEMPO / 06.05.2014

Um dia após os garis terceirizados da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU)  aceitarem voltar ao trabalho, os profissionais efetivos da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte cruzaram os braços no fim da manhã desta quinta-feira (8). Eles são os responsáveis, principalmente pela coleta hospitalar.

De acordo com o presidente Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), Israel Arimar, o grupo protesta uma vez que o aumenta salarial concedido aos terceirizados e muito diferente do valor pago aos efetivos. “Estamos fazendo uma reunião para saber qual será o próximo passo”, disse Arimar.

O grupo está concentrado na garagem da regional Centro-Sul, na avenida dos Andradas.

A assessoria de imprensa da SLU confirmou a paralisação dos efetivos, mas afirmou que a prefeitura já providenciou caminhões terceirizados para a coleta de lixo hospitalar. Ainda segundo a SLU, o serviço domiciliar está sendo normalizado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave