Move atende só 18% do previsto

Dois meses após inauguração, só 130 mil dos 700 mil passageiros usam sistema

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Outras linhas do Move ainda vão operar na Cristiano Machado
alex de jesus - 19.3.2014
Outras linhas do Move ainda vão operar na Cristiano Machado

Faltam quatro fins de semana para o mês terminar, mas a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) mantém a previsão do pleno funcionamento do Move (nome dado ao BRT) até o próximo dia 31. Até agora, dois meses após a inauguração do sistema, 130 mil usuários são atendidos, apenas 18% do total do público previsto de 700 mil passageiros.

Três etapas foram inauguradas na avenida Cristiano Machado nos últimos dois meses. Seis linhas troncais, que circulam no corredor exclusivo, entraram em operação. Agora, nas próximas três semanas, a BHTrans vai lançar o restante das linhas e substituir os ônibus antigos. Os trechos das avenidas Antônio Carlos e Pedro I passarão pelo mesmo processo.

“A BHTrans não vai conseguir inaugurar tudo até o fim do mês como prometido. Se eles fizerem isso, será uma operação muito precária, e a população não vai conseguir absorver o serviço dessa forma”, destacou o engenheiro civil Márcio José de Aguiar, especialista em trânsito.

A inauguração do Move na avenida Antônio Carlos será em meio a obras. Conforme a Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap), a Estação Pampulha será finalizada só em junho. Ainda estão em andamento as montagens das estações de transferência de passageiros e as correções nos pontos do pavimento da pista exclusiva, que foi feita há mais de cinco anos e apresentou problemas.

Nem a Estação São Gabriel, na região Nordeste da capital, foi concluída ainda. Duas passarelas da avenida Cristiano Machado serão entregues no fim deste mês junto com a finalização da cobertura do telhado do terminal. Ainda segundo a Sudecap, a avenida Pedro I está sob intensa atividade, com a execução de duas trincheiras, alargamento de viaduto e outras intervenções consideradas de grande porte.

A BHTrans informou que algumas obras podem ser feitas mesmo após o início da operação, sem atrapalhar o funcionamento das linhas já implementadas ou colocar em risco a segurança dos usuários.

Acidente

Batida. Um ônibus da linha 83D do Move bateu nessa quarta em um carro, no Complexo da Lagoinha. O coletivo saía do túnel quando foi atingido pelo outro veículo. Ninguém ficou ferido.

Saiba mais Reajuste. O aumento da passagem de ônibus está suspenso há um mês, quando a Prefeitura de Belo Horizonte tentou passar a tarifa de R$ 2,65 para R$ 2,85. As concessionárias do transporte reclamam de dificuldade financeira, que pode impactar a ampliação do Move.  Justiça. A 4ª Vara de Fazenda Municipal ainda analisa a ação do Ministério Público de Minas Gerais que pede a anulação definitiva do reajuste da tarifa da capital. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave