Boko Haram matou mais 300

iG Minas Gerais |

Lagos. Centenas de pessoas morreram em um ataque em uma cidade fronteiriça da região nordeste da Nigéria, em mais um episódio da escalada de violência no país. Segundo relatos da mídia local, mais de 300 pessoas foram mortas quando um grupo extremista atacou a cidade de Gamboru Ngala, na fronteira da Nigéria com o país de Camarões.  

O ataque foi confirmado pelo comissário de informação estatal do Estado de Borno, Mohammed Bulama. Lojas e casas foram incendiadas e arrasadas no ataque. Os agressores usavam vestimenta militar, segundo relato de testemunhas.

Durante a ação em Gamboru Ngala, os militantes dispararam contra uma multidão em um movimentado mercado que fica aberto à noite, quando as temperaturas esfriam na região semidesértica, relatou o jornal “ThisDay”.

Segundo o senador nigeriano Ahmed Zannah, ouvido pelo jornal, o ataque começou na noite de segunda-feira e durou cerca de 12 horas. Os insurgentes incendiaram casas e mataram a tiros moradores que tentaram escapar das chamas, assinalou o “ThisDay”. Zannah culpou a rede terrorista Boko Haram pelo ataque.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave