Anjos

iG Minas Gerais |

Hélvio
undefined

Existem anjos Que descem à Terra Humildemente... Vestidos de gente Ganham nomes E, no lugar das asas, Auras coloridas Irradiando vida A quem deles se aproxima Anjos que se casam Formam famílias Geram filhos... Fazem amigos... Nascem para brilhar E distribuir o que têm de melhor: A bondade enorme A compreensão E o imensurável amor que irradiam Anjos que não recriminam Não julgam... Apenas compreendem E sabem perdoar E quando aqui na Terra Nas grandes dificuldades A tristeza invade Eles aparecem... Com seus sorrisos meigos Suas mãos que acariciam Suas palavras de conforto Suas presenças que aliviam... Anjos são divinos! Anjo Glorinha Agradeço a Deus Por estarmos juntas nesta vida Poder chamá-la de “Mãe” E ser para você Uma filha querida Nunca se esqueça de que nesta passagem E nas próximas que virão Eu e meus irmãos Sempre... eternamente A amaremos muito... Obrigada por ser O anjo que nos guarda! Na semana em que comemoramos o Dia das Mães, dedico este poema à minha mãe, Glorinha, e a todos os “anjos” que, como ela, vivem entre nós.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave