Provocações são encaradas com "bons olhos" por jogadores do Sada

Duelo com o Belogorie, da Rússia, teve encaradas dos dois lados; levantador William acredita que atitude se trata de um algo a mais dentro de quadra

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

ESPORTES : BELO HORIZONTE - MG - MINEIRINHO . MUNDIAL DE VOLEI 2014 3 DIA DA COMPETICAO . SADA X BELOGORIE
Foto : Joao Godinho / O Tempo 07.05.2014
JOAO GODINHO / O TEMPO
ESPORTES : BELO HORIZONTE - MG - MINEIRINHO . MUNDIAL DE VOLEI 2014 3 DIA DA COMPETICAO . SADA X BELOGORIE Foto : Joao Godinho / O Tempo 07.05.2014

Em jogos de alto nível, ingredientes que vão além da qualidade técnica e tática das equipes sempre marcam os encontros. No jogo entre Sada Cruzeiro e Belogorie Belgorod, da Rússia, pelo Mundial de clubes, não foi diferente.

As provocações entre jogadores dos dois times foram constantes e deram uma pitada de rivalidade que o time celeste há algum tempo não via.

“O único lugar do mundo onde não se pode olhar para o outro lado é o Brasil. Nosso campeonato pode evoluir nesse aspecto, isso não faz mal algum. Estamos atrás neste quesito. Existe uma rede no meio da quadra, ninguém vai sair brigando por causa de um ponto ou uma encarada”, comenta o levantador Wlliam, que garante gostar deste diferencial em jogos decisivos.

"Se as situações que apareceram tivessem acontecido durante a Superliga, certamente teríamos um jogo com cartões amarelos, vermelhos e algumas advertências. No entanto, nada disso foi visto durante todo o confronto", completou.

“Isso me motiva e dá um algo a mais para o jogo. Tudo acontece de uma forma saudável e aumenta a rivalidade”, destacou o armador.

Nesta quinta, o Sada folga, enquanto o Belogorie encara o Matin Varamin, do Irã, precisando vencer para confirmar a vaga e a primeira posição.