Oswaldo defende Damião, mas admite 'paciência' extra

Técnico segue apostando na capacidade de superação do jogador para retomar boa fase e corresponder ao investimento feito pelo clube

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Leandro Damião quer acabar com incômodo jejum de gols
FLICKR/SANTOS/DIVULGAÇÃO
Leandro Damião quer acabar com incômodo jejum de gols

A paciência do torcedor santista com Leandro Damião acabou há algum tempo, mas o técnico Oswaldo de Oliveira segue como seu fiel defensor. Prova disso é a manutenção do atacante na equipe que enfrentará o Princesa do Solimões nesta quinta-feira, na Arena Amazônia, pela ida da segunda fase da Copa do Brasil. Nesta quarta, o treinador fez questão de, mais uma vez, exaltar as qualidades de seu jogador, mas admitiu ter uma paciência extra com ele.

"Sobre o Damião, vejo com naturalidade. Procuro tirar o meu parecer e o meu julgamento de tudo o que se fala e se cria da contratação. Prefiro ver o jogador que me acostumei a ver no Inter, goleador, fazer de gols, que apareceu em alguns jogos aqui também. A progressão dele está ligada ao que acontece em volta também, quero que progrida fazendo o melhor para o time. Quanto a ele permanecer como titular, é experiente, vou sempre procurar ter mais paciência. Pode reverter um quadro negativo em menos tempo", disse.

Apesar dos elogios do treinador, Leandro Damião já não conta com o mesmo prestígio no futebol brasileiro. O atacante de R$ 42 milhões chegou a ser titular da seleção brasileira com Mano Menezes, mas perdeu espaço por conta da queda de rendimento e acabou de fora da convocação para a Copa do Mundo, anunciada nesta quarta por Luiz Felipe Scolari. Desta vez, nem mesmo Oswaldo de Oliveira defendeu seu comandado, e viu como "coerente" a ausência do jogador.

"Acho que a convocação tem as coordenadas dela e, no momento, a convocação do Felipe (Scolari) é muito coerente, muito adequada. O Damião é um excelente jogador, mas desde o ano passado não está melhor do que os que lá estão. É um jogador que futuramente vai pleitear essa oportunidade", afirmou.

Para o duelo desta quinta, Oswaldo de Oliveira decidiu poupar alguns nomes e dará espaço para Lucas Lima, que ganha uma chance como titular. O meia vinha sendo pedido pela torcida em meio ao momento técnico ruim que a equipe atravessa e o próprio treinador admitiu que quer ver como ele se comporta nesta condição.

"Nós queremos, realmente, utilizar o que o Lucas tem de potencial, a dinâmica, a precisão nos passes. E é um jogador que estamos com a expectativa que cresça. Vamos passo a passo e ver o que ocorre. Se ele crescer, vai aumentar cada vez mais a possibilidade de se fixar na equipe", disse Oswaldo.

Leia tudo sobre: santosleandro damiaooswaldoatacante