Convocados revelam ansiedade antes do anúncio da lista

Até mesmo aqueles que são titulares na seleção e têm a confiança de Scolari assumiram que sentiram insegurança até terem seus nomes confirmados

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Fred tem carisma e simpatia de sobra, além do corpão. Tudo isso faz dele um verdadeiro galã
AP Photo/Natacha Pisarenko
Fred tem carisma e simpatia de sobra, além do corpão. Tudo isso faz dele um verdadeiro galã

A manhã desta quarta-feira foi de ansiedade para os jogadores brasileiros. Mesmo os titulares absolutos da seleção aguardavam a confirmação da ida à Copa do Mundo, garantida pelo anúncio da lista do técnico Luiz Felipe Scolari. Até mesmo Fred, atacante de confiança do treinador e que já tinha presença prometida por Felipão, revelou insegurança.

"Mesmo com Felipão tendo anunciado algumas vezes que eu seria convocado, a gente fica na expectativa. Quando saiu meu nome na convocação, um dos últimos, eu fiquei mais aliviado. Graças a Deus, deu tudo certo", disse o jogador do Fluminense. "Estou muito confiante e preparado. Mas, dessa vez, a referência maior será o grupo. Não vamos depender de um jogador só", completou.

A expectativa foi ainda maior para Henrique. O zagueiro do Napoli é considerado a grande surpresa da seleção brasileira para a Copa. "Estava na ansiedade para ser convocado. Trabalhei com o Felipão no Palmeiras e aprendi muito com ele. Em uma Copa os jogadores podem ter lesões e quem faz mais de função em campo pode ser útil", comentou ao SporTV o zagueiro, que também atua como lateral-direito e volante.

O volante Paulinho, admitiu só ter ficado tranquilo quando viu o nome exibido no telão da entrevista coletiva. "Sempre confiei no meu trabalho, no meu potencial e quando isso é feito de forma correta e coerente, os resultados aparecem", disse. "Nós sabemos da responsabilidade, da pressão, como devemos nos comportar nos jogos. Estamos jogando em nosso País uma Copa. Não há outro pensamento se não vencer", admitiu.

Titular absoluto da seleção brasileira, o atacante Neymar declarou estar vivendo a realização de um sonho ao assegurar a sua presença na Copa do Mundo. "Hoje tornou realidade um sonho que tenho desde quando era criança.. Sempre fui em busca dos meus sonhos e este sempre um dos principais .. Chegou a hora não só de representar a minha família, mas representar o Brasil inteiro", escreveu Neymar em seu perfil no Twitter - rede de microblogs na internet.

Apontado como principal esperança do Brasil na luta pelo título mundial, o atacante do Barcelona não escondeu a ansiedade para participar da Copa, com início marcado para 12 de junho. "Estou completamente emocionado, ansioso, nervoso, pra que chegue logo" comentou.

O atacante Jô passou por momentos de tensão nos últimos dias. No domingo, contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro, deixou o campo com estiramento do ligamento colateral medial do joelho direito e temeu ficar de fora da convocação. "A família toda estava ansiosa. A vontade de estar em uma Copa supera qualquer lesão. A alegria é enorme", afirmou o jogador à Rádio Estadão. Para alívio dele, o tempo de recuperação será somente de 15 dias.

Companheiro de Jô no Atlético-MG, o goleiro Victor não tinha presença assegurada, pois disputava uma vaga com Diego Cavalieri mas acabou sendo chamado para a Copa do Mundo e garantiu nunca ter vivido situação parecida durante a sua carreira.

"A expectativa era grande, felizmente deu tudo certo. Estou muito emocionado, a sensação é a melhor que já tive nestes anos todos de futebol. O sonho de todo jogador quando começa é poder chegar a este momento, que é único. Só tenho a agradecer ao Felipe, pela observação do trabalho e a confiança para estar no grupo", comentou.

Leia tudo sobre: COPA DO MUNDOcopaseleçãobrasilconvocaçãoconvocadosfredfelipao