Seguradora de veículos deve indenizar vítima de atropelamento

Motorista atropelou mulher ao se desviar de um cachorro em Belo Horizonte e a seguradora irá arcar com a indenização à vítima

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma seguradora de veículos foi condenada a pagar a indenização de R$ 15 mil para a vítima de um atropelamento em Belo Horizonte. A decisão foi divulgada nessa terça-feira (6) pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Em dezembro de 2006, uma mulher foi atropelada por uma motorista que é cliente da seguradora Tokyo Marine, quando esta invadiu o acostamento da pista ao se desviar de um cachorro. A motorista acionou a seguradora no processo alegando que era dever da empresa cobrir os custos do acidente, mesmo que ele tenha envolvido outras pessoas.

O magistrado considerou o pedido procedente e transferiu a obrigação do pagamento para a seguradora. Ainda de acordo com a defesa da motorista, o acidente não foi sobre o passeio, como afirmou a vítima, e sim, na pista, uma vez que ela caminhava na calçada sem observar o movimento dos veículos e subitamente entrou na via.

O juiz lembrou que vítimas de atropelamento só podem ser responsabilizadas pelo acidente quando transitam de maneira imprudente nas vias urbanas. Ele também considerou que é de responsabilidade do motorista estar atento aos pedestres e andar em velocidade de maneira imprudente nas vias urbanas. 

Deste modo, a Tokyo Marine terá que indenização por danos morais, além de reembolsar a vítima pelas despesas médicas.

A decisão ainda está sujeita a recurso.

Com informações do TJMG. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave