Polícia já identificou outros 5 que lincharam mulher em Guarujá

Esta quarta-feira (7), foi de intensa movimentação no 1º DP, onde o delegado Lara já ouviu mais de uma dezena de testemunhas do crime que chocou a população da Baixada Santista

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Fabiane era mãe de duas meninas e casada há 8 anos
Arquivo pessoal
Fabiane era mãe de duas meninas e casada há 8 anos

O delegado Luís Ricardo Lara Dias Júnior, que está à frente das investigações sobre o linchamento da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, no Guarujá (SP), disse que cinco pessoas da comunidade de Morrinhos 1 já foram identificadas nos vídeos e começam a ser procuradas pelos policiais. Esta quarta-feira (7), foi de intensa movimentação no 1º DP, onde o delegado Lara já ouviu mais de uma dezena de testemunhas do crime que chocou a população da Baixada Santista.

O eletricista Valmir Dias Barbosa, de 48 anos, confessou à polícia ter participado do linchamento de Fabiane, morta em consequência de um traumatismo craniano. A dona de casa foi violentamente espancada após ser confundida com uma suposta sequestradora, que estaria capturando crianças para rituais de magia negra. "Tenho três filhos e achei que o boato era verdadeiro", disse Barbosa, ressaltando que muitas outras pessoas participaram do linchamento.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave