Vírus de site pornô trava smartphones e cobra para desbloqueá-los

O vírus é baixado assim que o usuário, ao acessar conteúdo erótico, clica para abrir um suposto player de vídeo para acesso premium; infecção só acontece se o usuário tiver liberado a instalação de arquivos externos no aparelho

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O Android, sistema operacional do Google, domina o mercado de smartphones, como neste Motorola
Paul Sakuma
O Android, sistema operacional do Google, domina o mercado de smartphones, como neste Motorola

Smartphones Android podem ser bloqueados por um novo vírus que trava os aparelhos e, em seguida, pede dinheiro para desbloqueá-lo. O ransomware Android-Trojar.Koler.A é baixado e instalado automaticamente por aparelhos que acessam alguns sites de pornografia.

O vírus é baixado assim que o usuário, ao acessar conteúdo erótico, clica para abrir um suposto player de vídeo para acesso premium. Nessa hora, de acordo com o site ARS Technica, um arquivo tipo apk é baixado e executado no celular. A infecção, porém, só acontece se o usuário tiver liberado a instalação de arquivos externos no aparelho.

Assim que o telefone é bloqueado, uma mensagem avisa que o usuário quebrou algum tipo de lei e será multado. O dinheiro cobrado é pago para que os criminosos da web restaurem as funções do telefone.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave