Com Victor e Jô, Felipão convoca os 23 jogadores do Brasil para a Copa

Seleção Brasileira começa os treinos dia 23 de maio na Granja Comary e está no grupo de Croácia, México, Camarões; Estreia é dia 12/6

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Felipão anuncia lista de convocados para a Copa do Mundo de 2014
CBF/Divulgação
Felipão anuncia lista de convocados para a Copa do Mundo de 2014
A manhã desta quarta-feira foi de evento nacional. No aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira de Futebol, através do técnico Luiz Felipe Scolari, divulgou a lista dos 23 jogadores que defenderão o Brasil na Copa do Mundo no mês que vem. A grande surpresa da lista foi a presença do zagueiro Henrique, que está no Napoli (campeão da Copa Itália) e é conhecido de Felipão nos tempos de Palmeiras. Porém, Miranda, destaque do Atlético de Madrid no Campeonato Espanhol e na Uefa Champions League, está fora. Em Minas Gerais, o atual campeão brasileiro Cruzeiro (único time do país na Libertadores) ficou sem representantes na Copa do Mundo (coisa rara para um campeão nacional). Já o Atlético cederá Victor e Jô para o Mundial no Brasil. "Vamos seguir em direção aquilo que mais desejamos que é conquistar a Copa do Mundo. Independente de cores, de escolhas, que os 23 possam ser muito bem recebidos, porque vão fazer de tudo para conquistar o título", disse Felipão.   PERFIL JOGADORES   GOLEIROS   Júlio César de Soares Espíndola 34 anos Toronto FC – Canadá 75 partidas pela Seleção Brasileira Júlio César vai para a sua terceira Copa do Mundo consecutiva. Reserva em 2006 e melhor da posição em 2010, agora ele chega bastante contestado. Primeiro pela falha na partida decisiva com a Holanda, quando falhou no gol de virada dos holandeses. Segundo por ter jogado pouco nos últimos meses. Para jogar antes do Mundial, Júlio César se transferiu para o Toronto, do Canadá.   Jefferson de Oliveira Galvão 31 anos Botafogo 9 partidas pela Seleção Brasileira Revelado pelo Cruzeiro, Jefferson se tornou profissional justamente quando Felipão passou pela Toca da Raposa, em 2000. Lançado muito novo, o goleiro se firmou no futebol brasileiro depois de alguns anos atuando na Turquia. Jefferson retornou ao Botafogo em 2009, clube que havia defendido entre 2003 e 2005, e é um dos destaques da posição desde então.   Victor Leandro Bagy 31 anos Atlético 6 partidas pela Seleção Brasileira Levando à condição de São pela torcida do Atlético, por conta das inúmeras defesas durante a Libertadores e 2013, Victor atravessa o melhor momento da carreira. A cada partida ele consegue ter apresentações ainda melhores. A convocação em 2014 é um prêmio por tudo o que faz pelo Galo e apaga um pouco a frustração de 2010, quando era considerado nome certo na lista e Dunga e acabou preterido por Gomes.   LATERAL-DIREITO   Daniel Alves da Silva 31 anos Barcelona - Espanha 75 partidas pela Seleção Brasileira e cinco gols Revelado pelo Bahia, Daniel Alves veste a camisa da Seleção Brasileira desde a época da base. Na principal ele passou a fazer parte em 2007 e é nome certo nas listas desde então. Em 2010 foi reserva de Maicon. Titular do Barcelona há seis anos, Daniel Alves chega como o dono da camisa 2 para a Copa do Mundo de 2014. Apesar dos números, é um jogador bastante contestado.   Maicon Douglas Sisenando 32 anos Roma – Itália 70 jogos pela Seleção Brasileira e 7 gols Vestir a camisa da Seleção Brasileira não é problema para Maicon. Desde 2003 que ele figura na lista de convocados. Se em 2006 ele ficou na lista dos “quase convocados”, quatro ano depois foi o titular da lateral direita e ainda marcou o primeiro gol do Brasil no Mundial. Com a camisa canarinho ele conquistou duas Copa das Confederações e duas Copas América.   LATERAL-ESQUERDO   Marcelo Vieira da Sila Júnior 25 anos Real Madrid – Espanha 30 jogos pela Seleção Brasileira e 4 gols Depois de disputar os Jogos Olímpicos em duas oportunidades, Marcelo chega para disputar a Copa do Mundo pela primeira vez. Apesar de ter sido convocado por Dunga algumas vezes, ele acabou preterido do Mundial da África do Sul. Titular do Real Madrid há algumas temporadas, Marcelo é daqueles jogadores incontestáveis dentro da Seleção Brasileira.   Maxwell Scherrer Cabelino Andrade 32 anos Paris Saint Germain – França 7 jogos pela Seleção Brasileira O capixaba Maxwell foi revelado pelo Cruzeiro, mas profissionalmente jogou apenas na Europa. Foi para o Ajax, da Holanda, quando tinha apenas 19 anos. Por lá jogou apenas em grandes clubes, como Internazionale-ITA e agora no francês PSG. No entanto, a primeira convocação para a Seleção Brasileira aconteceu apenas no ano passado, já depois dos 30 anos.   ZAGUEIROS   Thiago Emiliano da Silva 29 anos Paris Saint Germain – França 40 jogos pela Seleção Brasileira e 2 gols Thiago Silva pode fazer aquilo que Augusto não conseguiu em 1950: erguer o troféu da Copa do Mundo no Maracanã. O zagueiro do Paris Saint Germain é o capitão da Seleção Brasileira e vai para o seu segundo Mundial. É verdade que em 2010 ele nem sequer entrou em campo. Mas a boa que vive fase, desde 2008, o credencia como um dos pilares da equipe de Felipão.   David Luiz Moreira Marinho 27 anos Chelsea – Inglaterra 34 jogos pela Seleção Brasileira Se no Chelsea David Luiz atua como volante, na Seleção Brasileira ele segue titular absoluto na defesa. Conovcado pela primeira vez por Mano Menezes, o defensor se firmou com Felipão. Na Copa das Confederações salvou um gol certo da Espanha, na final, praticamente em cima da linha. É um jogador muito técnico, o que facilita a saída de bola da Seleção Brasileira.   Dante Bonfim Costas Santos 30 anos Bayern de Munique – Alemanha 11 jogos pela Seleção Brasileira e 2 gols O baiano Dante era desconhecido do grande público brasileiro até ser convocado por Felipão, mesmo já atuando e com destaque pelo Bayern de Munique. O zagueiro canhoto já estreou como titular, diante da Inglaterra, em Wembley. Apesar da derrota, Dante se firmou no grupo e esteve presente em todas as convocações desde o retorno de Felipão ao comando da Seleção Brasileira.   Henrique Adriano Buss 27 anos Napoli – Inglaterra 4 jogos pela Seleção Brasileira Jogador de confiança de Felipão, com quem trabalhou no Palmeiras, Henrique chega ao Mundial sem um histórico muito grande pela Seleção Brasileira. Até agora ele disputou apenas quatro partidas, sendo quem em 2013 ele não foi titular em nenhuma faz três vezes que entrou em campo. Na única que começou jogando, o Brasil perdeu para a Venezuela, um amistoso, em 2008.   VOLANTES   José Paulo Bezerra Maciel Júnior 25 anos Tottenham – Inglaterra 25 jogos pela Seleção Brasileira e 5 gols Paulinho está na Seleção Brasileira desde 2011, mas parece ser um jogador que veste a camisa canarinho há muito mais tempo. São apenas 25 jogos, mas já são cinco gols, um deles diante do Uruguai, na vitória por 2 a 1 na semifinal da Copa das Confederações, no Mineirão. Apesar de estar em baixa no clube, Paulinho vai vestir a camisa 8 do Brasil na Copa.   Luiz Gustavo Dias 26 anos Wolfsburg – Alemanha 17 jogos pela Seleção Brasileira e 1 gol Até a Copa das Confederações o volante Luiz Gustavo não havia sido chamado por Felipão. Foi então que entrou no grupo e, em seguida, no time titular. Pelo menos é nesta condição que ele chega para o período de treinamentos antes da Copa do Mundo. Se vai ser mantido ou não, vai ter de provar nos treinos, algo que Luiz Gustavo aproveitou muito bem em 2013.   Anderson Hernanes de Carvalho Andrade Lima 28 anos Internazionale – Itália 23 jogos pela Seleção Brasileira e 2 gols Se com o antigo treinador da Seleção, Mano Menezes, Hernanes havia perdido espaço depois de uma expulsão diante da França, com Felipão ele voltou a ser nome constante nas listas. Antes da convocatória para o Mundial, o jogador da Inter de Milão esteve em sete das oito convocações feitas por Felipão em que ele chamou os jogadores que atuam na Europa.   Ramires Santos do Nascimento 27 anos Chelsea – Inglatera 41 jogos pela Seleção Brasileira e 4 jogos Ramires ficou fora da Copas das Confederações, mas vai para o seu segundo Mundial seguido. Em 2010 ele chegou como reserva e se tornou titular. Suspenso no jogo com a Holanda, o volante fez falta ao time. Agora, mais uma vez, ele chega sem estar na formação inicial, mas pode fazer como há quatro anos, conquistar a vaga durante a Copa do Mundo.   Fernando Luiz Rosa 29 anos Manchester City – Inglaterra 6 jogos pela Seleção Brasileira e 1 gol O aniversário foi no domingo, mas o presente chegou nesta quarta-feira. O volante Fernandinho apareceu entre os convocados por Felipão apenas no último amistoso antes da divulgação da lista final. Ele foi titular, jogou bem e ainda marcou um golaço. Destaque de um grande time europeu, Fernandinho, no entanto, tem histórico curto na Seleção, com apenas seis jogos.   MEIAS   Oscar dos Santos Emboaba Júnior 22 anos Chelsea 29 jogos pela Seleção Brasileira e 9 gols Apesar da idade, Oscar chega ao Mundial como um dos grandes nomes do Brasil. Titular do Chelsea há dois anos, o meia revelado pelo São Paulo e com destaque jogando pelo Internacional é titular da Seleção Brasileira desde a Era Mano Menezes. O histórico com a camisa canarinho vai bem além do time principal, como o título Mundial sub-20, em 2011, e a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres.   Willian Borges da Silva 25 anos Chelsea – Inglaterra 5 jogos pela Seleção Brasileira e 1 gol Chamado por Mano Menezes em 2011, Willian entrou na lista de Felipão na hora certa. Esteve presente nas duas últimas convocações antes do Mundial. A boa fase no Chelsea pesou na decisão do treinador. Se na Seleção principal o histórico ainda é pequeno, Willian carrega a experiência por vestir a camisa canarinho em competições de base, como o Sul-Americano sub-20 de 2007, vencido pelo Brasil. Bernard Anício Caldeira Duarte 21 anos Shakhtar Donetsk – Ucrânia 10 jogos pela Seleção Brasileira e 1 gol “O Bernard tem alegria nas pernas.” Assim definiu Felipão logo depois dos primeiros contatos com o jogador, então do Atlético, clube que o revelou. Bernard foi chamado pela primeira vez logo para a Copa das Confederações e se faz presente desde então. O jogador mais caro da história do futebol mineiro chega com moral ao Mundial, como um 12º titular da Seleção Brasileira. ATACANTES   Neymar da Silva Santos Júnior 22 anos Barcelona – Espanha 47 jogos pela Seleção Brasileira e 30 gols Desde Pelé, em 1962, que a Seleção Brasileira não chega para a Copa do Mundo com o seu principal jogador tão novo. Neymar tem apenas 22 anos, mas já tem 30 gols com o time principal do Brasil. Os bons números e o grande futebol o credenciaram a ser o camisa 10 do time no Mundial que vai ser disputado dentro de casa. Com Neymar bem, o Brasil pode sonhar com o sexto título. Givanildo Viera de Souza - Hulk 27 anos Zenit – Rússia 32 jogos pela Seleção Brasileira e 8 gols A primeira convocação de Hulk foi com Dunga, em 2009. De total desconhecido a jogador importante no esquema de Felipão. Força na marcação e qualidade na finalização fazem do jogador paraibano um dos titulares do Brasil. Hulk faz parte da turma que esteve presente em todas a convocações anteriores de Felipão, com exceção daquelas apenas para jogadores que atuam no Brasil, é claro. Frederico Chaves Guedes 30 anos Fluminense 32 jogos pela Seleção Brasileira e 16 gols Fred chega para a Copa do Mundo de 2014 como um daqueles que já sabem o que é jogador um Mundial. Mas ele não esteve na África do Sul, mas sim na Alemanha, em 2006. Reserva da dupla Ronaldo e Adriano, o atacante ainda conseguiu fazer um gol, diante da Austrália. Agora é dono da posição e peça importante, desde que esteja bem fisicamente, longe das contusões. João Alves de Assis Silva 27 anos Atlético 15 jogos pela Seleção Brasileira e 5 gols Jô aproveitou muito a chance que teve. Convocado para o lugar de Leandro Damião, que se contundiu e foi cortado da Copa das Confederações, o centroavante do Atlético fez gols na competição Fifa e, agora, vai ter a chance de jogar a Copa do Mundo. O camisa 7 do Galo se tornou jogador de confiança e esteve em todas as últimas listas de Felipão.

Leia tudo sobre: seleção brasileiraconvocação