'Sócio de decisões', Léo espera bom futebol na Argentina

Jogador mostra a maturidade e o companheirismo de sempre mesmo que os titulares da equipe sejam Bruno Rodrigo e Dedé

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Léo deve começar o jogo como titular, na vaga de Dedé
Denilton Dias/Vipcomm
Léo deve começar o jogo como titular, na vaga de Dedé

O destino parece conspirar para que o zagueiro Léo, torcedor do Cruzeiro desde criança e natural de Belo Horizonte, seja titular de várias partidas que marcaram a história recente da Raposa. Foi assim na goleada por 6 a 1 sobre arquirrival Atlético, que salvou a Raposa do rebaixamento no Nacional de 2011, e no triunfo em cima do Vitória, por 3 a 1, no Barradão, que concretizou o título brasileiro aos celestes. Na quarta-feira, não poderia ser diferente.

Em mais um duelo de caráter decisivo, Léo esperar colaborar com um triunfo dos azuis sobre o San Lorenzo-ARG, no primeiro embate das quartas de final da Libertadores, em Buenos Aires. Substituto de Bruno Rodrigo, suspenso, ele se enche de orgulho para falar da felicidade em ajudar o time do coração novamente.

“Vale muito. O Marcelo (Oliveira, técnico) sempre salientou que este jogo é muito importante. Mais um passo ao nosso grande objetivo do primeiro semestre. Esperamos passar de fase, vamos com tudo, sempre preparado e concentrado para fazer um bom jogo”, afirmou Léo.

O jogador mostra a maturidade e o companheirismo de sempre mesmo que os titulares da equipe sejam Bruno Rodrigo e Dedé. E esbanja otimismo para desempenhar um bom papel nesta nova chance.

“Às vezes, um jogador na reserva não se sente muito contente. Mas nunca me faltou companheirismo, trabalho, apoio aos jogadores que estão no time titular. A gente sabe que é um grupo forte, que tem grandes metas. Trabalhamos focado, sabendo que sempre pode vir a oportunidade”, disse Léo.

Tendo Dedé a seu lado, o beque mineiro irá atuar pelo lado esquerdo da zaga. “Com o Bruno, eu jogo pela direita. Com o Dedé, pela esquerda. Mas para o zagueiro não tem muita diferença. O importante é sempre fazer um bom papel”, declarou.

Leia tudo sobre: futebol nacionalcruzeiroraposa Libertadoressan lorenzoléo