São Paulo adota mistério para a partida contra o CRB, nesta quarta

Muricy Ramalho esconde escalação, mas a equipe que precisa vencer no Pacaembu terá 'de duas a três alterações' em sua formação

iG Minas Gerais | agência estado |

Pato volta a ser a grande esperança de coisas boas diante do CRB
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Pato volta a ser a grande esperança de coisas boas diante do CRB

O técnico Muricy Ramalho faz mistério na escalação do São Paulo para enfrentar o CRB, nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela rodada de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Como os paulistas foram derrotados por 2 a 1 no jogo de ida, em Maceió, só uma vitória por 1 a 0 ou por dois gols de diferença interessa para evitar a eliminação precoce e afastar de vez a possibilidade de cair logo na segunda fase do torneio nacional. O time terá de “duas a três alterações” em relação ao que enfrentou o Coritiba no último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. A primeira delas, obrigatória, é a saída de Rodrigo Caio, expulso no primeiro jogo, para a entrada de Edson Silva. Com isso, Antônio Carlos terá de jogar pelo lado direito da defesa. As outras duas estão em aberto, mas o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Ademilson sonham com uma chance. O mais provável é a volta de Paulo Henrique Ganso no lugar do colombiano Pabon, fazendo com que o time mude mais uma vez o jeito de jogar. Com ele em campo, o São Paulo passa a ter um armador para municiar o trio de atacantes. Já Ademilson poderia ocupar a vaga de Osvaldo, mas Muricy Ramalho evita dar pistas do time e até fechou parte do treinamento desta terça para esconder o posicionamento dos titulares. Em alta, Alexandre Pato será titular e espera corresponder às expectativas. Sem poder atuar no clássico deste domingo contra o Corinthians por questões contratuais, ele pretende jogar em dobro nesta quarta para garantir a classificação do time. “Vou dar o máximo no jogo até porque não poderei estar em campo no domingo. Temos de passar pelo CRB, com todo respeito, pois é uma partida que não podemos errar”, afirmou. Por via das dúvidas, alguns jogadores treinaram pênaltis, que só vão ocorrer se o São Paulo fizer 2 a 1 no tempo normal.

Leia tudo sobre: são paulocrbcopa do brasilmudanca