Governistas rebatem críticas de Pimentel

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

Pestana rebateu declarações Pimentel em entrevista a O TEMPO
Zeca Ribeiro/ag. câmara - 24.2.2014
Pestana rebateu declarações Pimentel em entrevista a O TEMPO

O presidente do PSDB de Minas, Marcus Pestana, e o presidente da Assembleia, Dinis Pinheiro (PP), afirmaram que o pré-candidato ao governo do Estado, Fernando Pimentel (PT), é “mentiroso e desconhecedor das realidades de Minas”. As lideranças usaram o tom para responder à entrevista dada a O TEMPO pelo petista, que afirmou que o Estado sofre de “inépcia administrativa”.

Já os dirigentes da Metrominas e do Departamento de Estradas e Rodagem de Minas (DER) garantem que os projetos requisitados para as obras do Anel Rodoviário e do metrô de Belo Horizonte já foram entregues. O entrave seria a burocracia do governo federal. Eles também responderam Pimentel, que afirmou que as obras não saem por falta de projetos.

De acordo com Pinheiro, as acusações feitas por Pimentel são aplicáveis ao governo federal. “Temos uma gestão planejada em Minas. Muito diferente do que acontece em Brasília. Olha a Petrobras”, criticou.

“Isso é desespero. Até as árvores da praça da Liberdade sabem que o Anel e o metrô são de responsabilidade do governo federal”, completou Pestana

O diretor do DER José Elcio Montese afirmou que o projeto de obra do Anel está pronto. “O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) disse para o DER que não tinha condição de analisar o projeto e pediu que a gente fizesse outro com regime de contratação mais simples. A Advocacia do Estado disse para não fazer, já que pode dar processo de improbidade.”

No caso da Metrominas, o presidente da empresa, José Eugênio Avelar, alegou que falta a liberação dos recursos para fazer os projetos de engenharia e de viabilidade econômica. “Os projetos ambiental e de topografia já estão prontos. Falta a Caixa Econômica liberar mais recursos”, justificou Avelar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave