Guaynabo vê como positivo aprendizado contra favoritos

Equipe de Porto Rico encarou Sada Cruzeiro e Belogorie Belgorod, da Rússia, nas duas primeiras rodadas do Mundial

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

MUNDIAL DE CLUBES DE VOLEI 2014
BELOGORE ( RUS ) x GUAYNABO

NO MINEIRINHO BH MG 

FOTO : RONALDO SILVEIRA  06.05.2014
RONALDO SILVEIRA
MUNDIAL DE CLUBES DE VOLEI 2014 BELOGORE ( RUS ) x GUAYNABO NO MINEIRINHO BH MG FOTO : RONALDO SILVEIRA 06.05.2014

A agenda do Guaynabo Mets no Mundial de Clubes não foi nada favorável. Nos dois primeiros jogos, o campeão portorriquenho encarou o Sada Cruzeiro, anfitrião da competição, e o Belogorie Belgorod, forte equipe russa e outra candidata ao título do torneio internacional.

O saldo nas rodadas iniciais foi de duas derrotas, que foram bem assimiladas pela equipe caribenha, que tem poucas chances de classificação.

“Voltaremos mais fortes para casa, com certeza. Jogar contra essas duas equipes nos dará um bom aprendizado, principalmente no que se refere ao saque. A agenda realmente não foi boa, mas há muito pouco a se fazer sobre isso”, destacou o técnico do Guaynabo, Javier Gaspar.

Nesta quarta-feira, os Mets encaram o Matin Varamin, do Irã, no jogo de despedida do campeonato. Para Gaspar, a vitória é bem-vinda, mas será uma consequência do que o time apresentar dentro do jogo. “Temos que nos esforçar e dar o nosso máximo. Fazendo isso, já seremos vencedores. Se merecermos, conseguiremos a vitória. Precisamos jogar forte e deixar tudo dentro de quadra”, analisou o comandante, que sentiu falta de alguns jogadores do elenco que não vieram para Belo Horizonte.

“Gostaria muito de ter tido o time completo no Mundial. O crescimento do time seria ainda maior. Foi uma pena isso ter acontecido. Acredito que teríamos menos dificuldades e nossa consistência ofensiva seria muito maior”, indicou Gaspar.

Leia tudo sobre: guaynaboavaliaçaojogosfavoritosmundial de clubesvoleiduasderrotas