Após fuga de cinema, adolescente esconde em mata e é mordido por cão

Comparsa do menor, identificado apenas como Carlos, conseguiu fugir por mata apesar do uso de cães e do helicóptero da corporação

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Um menor de 16 anos foi apreendido nesta terça-feira (6) após dar muito trabalho para a Polícia Militar (PM) de Santa Luzia e Sabará, ambas na região metropolitana de Belo Horizonte. Após assaltar um posto de combustíveis, o adolescente bateu o carro roubado que era usado no crime, roubou um outro veículo e só foi detido após horas de busca com o helicóptero da corporação e de ser mordido por um cão policial dentro de uma mata. 

Segundo as informações da PM, o primeiro assalto aconteceu em um posto localizado no bairro Morada do Rio, em Santa Luzia, por volta das 7h da manhã. Após abastecer o veículo com R$ 50, o menor, que estava acompanhado de um homem identificado apenas como Carlos, anunciou o assalto e levou R$ 150 que estava com o frentista. 

Após empreenderem fuga pela rodovia MGT-262 em direção à Sabará, a dupla foi reconhecida por uma viatura por estarem em um Fiat Fiorino com adesivos de uma lavanderia, que foi roubada na porta do estabelecimento na última sexta-feira (2). Assim teve início uma perseguição, que terminou com os suspeitos batendo em um Toyota Corolla em uma rotatória no Centro da cidade.

Desesperados, os dois desceram do carro e foram em direção à um Fiat Uno e anunciaram um novo assalto, retirando o motorista do veículo com violência e fugindo com o carro em direção ao bairro General Carneiro. Quando chegaram próximos à Santo Antônio das Roças Grandes, os fugitivos acabaram caindo em uma rua sem saída, sendo forçados a fugirem a pé em uma mata fechada. 

Busca

Com auxílio do helicóptero Pegasus, da PM, e da Ronda Ostensiva Com Cães (ROCCA), os militares passaram a fazer buscas na mata e chegaram a verbalizar com os suspeitos, indicando que o local estava cercado e que, para a segurança deles, seria melhor eles se entregarem. Sem a resposta, a polícia decidiu soltar os cães Midas e Oberon, que localizaram o menor dentro de um buraco perto de uma árvore, em um local de difícil acesso. 

Os cães acabaram mordendo o adolescente, que precisou ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sabará antes de ser levado para a Delegacia da cidade. No buraco onde o jovem estava, a PM encontrou R$28, uma submetralhadora de fabricação caseira usada nos crimes e dois cartuchos de calibre 380. O adolescente foi reconhecido por funcionários do posto de combustíveis como autor do assalto.

Leia tudo sobre: FUGASABARÁSANTA LUZIAADOLESCENTEMORDIDO POR CÃOPMPEGASUSMATA