Simeone nega pressão, mas admite 'frio na barriga'

Apesar da derrota para o Levante, equipe alvirrubra faz sua melhor temporada da história e briga pelos títulos do Espanhol e da Liga dos Campeões

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Simeone deverá utilizar meia brasileiro Diego na vaga do lesionado Diego Costa
Site oficial/Divulgação
Simeone deverá utilizar meia brasileiro Diego na vaga do lesionado Diego Costa

Diego Simeone e o Atlético de Madrid convocaram entrevista coletiva nesta terça-feira, em Madri, para lançar oficialmente os perfis do treinador no Twitter e no Facebook. É um sinal do bom momento vivido pelo clube. Apesar da derrota para o Levante, por 2 a 0, no fim de semana, a equipe alvirrubra faz sua melhor temporada da história e briga pelos títulos do Espanhol e da Liga dos Campeões.

"Serão três semanas emocionantes. Temos que vivê-las com tranquilidade e trabalhar bem. Mais que adrenalina é frio na barriga. Vivi muito disso na minha carreira. Gostamos desse frio na barriga e o desfrutamos. Sempre existem coisas nas quais acreditamos e nós confiamos", apontou o treinador.

Para ele, porém, não existe pressão por vitória no Atlético, que nas últimas temporadas via, de longe, a disputa entre Real e Barcelona. "É uma responsabilidade o que estamos fazendo. Não vivemos essas semanas com pressão. As encaramos como um momento no qual temos que corresponder."

Dependendo de uma combinação de resultados, o Atlético de Madrid pode até ser campeão domingo à tarde, quando pega o Málaga. Caso vença, porém, dependerá só dele para conquistar o título na última rodada, quando enfrenta o Barcelona, no Camp Nou. Vitória catalã, por sua vez, pode significar título do Real.

Um panorama já desenhado pela imprensa espanhola, mas no qual Simeone evita pensar. "Desde que chegamos aqui, sempre dissemos que não poderíamos deixar de pensar partida a partida. Pensamos somente no jogo. É verdade que podemos sair campeões, mas só pensamos em jogar bem contra o Málaga."