Ancelotti avisa: "Cristiano Ronaldo joga mesmo cansado"

Madrilenhos precisam vencer o Valladolid para seguir com chances de conquistar o título do Campeonato Espanhol

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Real's Cristiano Ronaldo gestures during a Champions League round of 16 second leg soccer match between Real Madrid and FC Schalke 04 at the Santiago Bernabeu stadium in Madrid, Tuesday, March 18, 2014. (AP Photo/Andres Kudacki)
Associated Press
Real's Cristiano Ronaldo gestures during a Champions League round of 16 second leg soccer match between Real Madrid and FC Schalke 04 at the Santiago Bernabeu stadium in Madrid, Tuesday, March 18, 2014. (AP Photo/Andres Kudacki)

O Real Madrid vai jogar uma final nesta quarta-feira. Ao visitar o Valladolid, em jogo adiado da 36.ª rodada do Campeonato Espanhol, a equipe precisa de uma vitória a qualquer custo porque, só assim, chegará à jornada decisiva do fim de semana com possibilidades reais de ser campeão. E, numa decisão, não há espaço para descanso.

"Cristiano Ronaldo está cansado, mas vai jogar", avisou, nesta terça-feira, em entrevista coletiva, o técnico Carlo Ancelotti. O treinador, porém, terá duas baixas. "Bale está fora porque sofreu uma pancada, assim como Carvajal", revelou.

O Valladolid é só o 19.º colocado do Campeonato Espanhol, a um ponto de sair da zona de rebaixamento, e também precisa da vitória a todo custo. "Tenho certeza que todos os times querem vencer. Tivemos resultados surpreendentes como o Levante (que venceu o Atlético de Madrid), que não tem nada para jogar e jogou uma grande partida contra o Atlético. Também o Valencia contra a gente", apontou o italiano, citando as partidas da 37.ª rodada.

Apesar de o Real precisar vencer para chegar com chances de título na última rodada, a imprensa espanhola já pensa no fim de semana. O assunto da vez é a possível contratação, por parte do Barcelona, do técnico Luis Enrique. O ex-jogador da seleção espanhola e do próprio Barça treina hoje o Celta, exatamente o adversário do Real na última rodada.

O tema, lógico, entrou na pauta da entrevista coletiva de Ancelotti. "Não acho que vá influir alguma coisa. Sabemos que se não vencermos amanhã (quarta), perdemos a Liga. Não sei, não vejo uma coisa particular, mas pode ser que o Barça vá buscar um técnico para o próximo ano."