Empolgada após classificação, China Azul promete invadir a Argentina

Torcida decidiu ir em peso para Buenos Aires, colorir o país hermano de azul e empurrar o time celeste para mais um triunfo pelo torneio continental

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Esportes - Confins - Minas Gerais - Brasil.
Embarque do time do Cruzeiro para Argentina onde enfrenta o San Lorenzo, jogo valido pela Copa Libertadores da America.
Torcedores otimista com bom resultado.
Antonio Assuncao, Jose Pedro Castro e amigos no embarque. 

Foto: Uarlen Valerio/ O Tempo 06-05-2014
UARLEN VALERIO / O TEMPO
Esportes - Confins - Minas Gerais - Brasil. Embarque do time do Cruzeiro para Argentina onde enfrenta o San Lorenzo, jogo valido pela Copa Libertadores da America. Torcedores otimista com bom resultado. Antonio Assuncao, Jose Pedro Castro e amigos no embarque. Foto: Uarlen Valerio/ O Tempo 06-05-2014

Se os jogadores embarcaram com confiança, os torcedores estão eufóricos com a presença do Cruzeiro nas quartas de final da Copa Libertadores. A China Azul decidiu ir em peso para a Argentina, colorir o país hermano de azul e empurrar o time celeste para mais um triunfo pelo torneio continental.

Por volta de 7h40 da manhã, o número de cruzeirenses realizando o check-in no aeroporto de Confins era muito grande. Camisas, bandeiras, cachecóis e outros adereços azuis se espalhavam pelo terminal aéreo, que foi marcado pela ansiedade da torcida para viajar ao lado do clube do coração e dos seus principais ídolos.

O engenheiro-arquiteto Antônio Assunção, 45, está indo pela primeira vez acompanhar um jogo fora do país e se diz emocionado por viajar com o time estrelado. Por isso, ele promete muito apoio. "É sensacional viajar com os jogadores. Eles vão ver que estamos confiando neles e acompanhando de perto. O plano é cantar durante os 90 minutos e vibrar com os gols", declarou o torcedor, que ainda brincou com o fato do adversário ser o time do coração do Papa Francisco. "Em homenagem ao Papa, o Cruzeiro vai papar o San Lorenzo e a Libertadores", brincou.

O empresário José Calazans,59, prevê uma invasão azul em solo argentino. "Esse voo com a delegação está cheio e também vão outros voos cheios de cruzeirenses. Vários amigos meus que não conseguiram ir com o time, mas conseguiram outros voos e também seguirão para a Argentina", disse.

O engenheiro agrônomo José Pedro de Castro, 50, acha que o time já tem experiência de sobra para seguir na busca do tri. "Precisamos marcar um gol no começo do jogo e jogar com raça para buscar a vitória. O Cruzeiro é o segundo time brasileiro que mais participou da Libertadores. Temos experiência para encarar esse tipo de competição", afirmou o torcedor.

Além de poder viajar junto com o time, o empresário Manuel Ribeiro, 33, acredita que a cada fase que o Cruzeiro avança, a torcida estará cada vez mais presente nas viagens. "É um grande atrativo, o diferencial de poder viajar com os jogadores. Por isso que estou indo. Estão indo mais torcedores para a Argentina (do que foram o Paraguai). A tendência é essa. Quanto mais o time vai avançando, mais a torcida vai junto", declarou.

Leia tudo sobre: futebol nacionalcruzeiroraposaLibertadoresembarquetorcidapresençachina azul