Com Nenê, Washington vence Indiana fora de casa e abre 1 a 0

Depois de sofrer para eliminar o Atlanta na primeira rodada, a franquia de Indianápolis saiu atrás na semifinal da conferência

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Aquela equipe do Indiana Pacers que fez a melhor campanha da Conferência Leste na temporada regular da NBA parece ter ficado no passado. Depois de sofrer para eliminar o Atlanta na primeira rodada, a franquia de Indianápolis saiu atrás na semifinal da conferência. Nesta segunda-feira, levou 102 a 96 do Washington Wizards, em casa, tendo ficado atrás no placar o tempo todo.

Já no primeiro ataque o Wizards abriu vantagem, indo para a primeira pausa com 28 a 15 no placar. No segundo quarto, o Indiana encostou e empatou uma vez, em 30 a 30. Logo, porém, o Washington já tinha, de novo, 10 pontos de folga, fechando o primeiro tempo com 13 de vantagem.

Ao longo do segundo tempo o que se viu foi o Indiana tentando, sem sucesso, reduzir a desvantagem que chegou a sete pontos nos seus melhores momentos. O Washington, sempre que pressionado, desafogava, principalmente com Bradley Beal, que fez 25 pontos e deu sete assistências.

Nenê mais uma vez foi regular. Ainda que tenha errado 10 de suas 16 tentativas de quadra, fechou o jogo com 15 pontos, só menos que Beal e Trevor Ariza (22). O brasileiro ainda colheu seis rebotes num garrafão dominado por Marcin Gortat (15). Pelo Indiana, David West foi o melhor, com 12 rebotes e 15 pontos.

Os dois times voltam a se encontrar na quarta-feira, novamente no Bankers Life Fieldhouse, casa do Indiana. A série vai para a capital na sexta-feira, voltando para Indianápolis no domingo.

CLIPPERS DÁ SHOW - Crescido em Oklahoma City e formado pela universidade local, Blake Griffin voltou para casa, mas pouca gente por lá ficou feliz com a visita. Nesta segunda-feira, o pivô fez 23 pontos e viu o seu Los Angeles Clippers atropelar o Oklahoma City Thunder, fora de casa, por 122 a 105, no primeiro jogo da semifinal do Oeste.

Griffin, porém, não foi o melhor do jogo. O posto ficou mesmo com Chris Paul e seus 32 pontos e 10 assistências. O armador acertou nada menos do que oito bolas de três, errando só um arremesso ao longo da partida, e bateu seu recorde no fundamento. No total, o time de Los Angeles deu 26 assistências e só desperdiçou oito ataques.

Do outro lado, Russell Westbrook, que vinha de uma das maiores atuações de um atleta num jogo 7 de NBA, com triple-double, não conseguiu jogar da mesma forma. Fez 29 pontos, foi o cestinha do time, mas perdeu seis ataques, num total de 17 desperdiçados pelo Thunder. Assistências, só quatro. Kevin Durant também não correspondeu, apesar dos 25 pontos.

Assim como na série entre Washington e Indiana, essa também tem jogos previstos para quarta (Oklahoma City), sexta (Los Angeles) e domingo (Oklahoma City). Nesta terça, o Miami recebe o Brooklyn Nets enquanto o Portland Trail Blazers visita o San Antonio Spurs.

Leia tudo sobre: basquetenbawashington wizardsindiana pacersnenê