Concorrência vai diminuir juros

iG Minas Gerais | Thaís Pimentel |

Os bancos têm cobrado juros entre 8% e 12% no financiamento de imóveis. Essa pequena diferença pode ser pouco vantajosa para o cliente, já que os bancos ainda não se movimentaram para promover grandes reduções. Mas para o conselheiro da Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG), Ariano Cavalcanti de Paula, a portabilidade vai fazer com que a concorrência se torne mais acirrada.  

Segundo ele, isso até pode provocar uma melhora nos serviços bancários. “Muita gente não gosta de banco. Isso por causa de cobrança indevida, sobretaxa e problemas nos boletos. Agora, as instituições serão obrigadas a reduzir o mau serviço para atrair clientes”, disse.

Serviços bancários são algumas das reclamações mais frequentes dos consumidores. Até ontem, foram registrados no Procon Assembleia, 122 problemas com financiamento de veículos. No mesmo período de 2013 foram 220. Em todo o ano passado foram 663 reclamações. Em relação ao financiamento habitacional, foram 42 queixas neste ano, 16 a mais que nos primeiros quatro meses de 2013.

A portabilidade de crédito também pode acabar impulsionando o mercado imobiliário. Segundo Ariano Cavalcanti de Paula, o aumento da disputa entre bancos e a consequente queda nas tarifas vão fazer com que o consumidor volte a investir em imóveis com mais intensidade. “Tudo que promove a liquidez e resgata a confiança no setor, melhora o reaquecimento da economia”, disse. O setor ainda apresenta preços elevados, mas as vendas têm caído. Isso se reflete no aumento da oferta em Belo Horizonte. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave