Servidores municipais cruzam os braços nesta terça-feira

Trabalhadores da educação, saúde, administração, SLU, entre outros, que cobram do governo reajuste salarial de 15%, irão participar de assembleia para decidir se aceitam ou não aumento de 5,56%

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Uma grande paralisação está sendo programada para esta terça-feira (6) por servidores públicos municipais de Belo Horizonte. A promessa é que funcionários públicos de todas as áreas da prefeitura de Belo Horizonte se reúnam em assembleia geral a partir das 08h30, na Praça da Estação, em favor de melhorias salariais. Trabalhadores da educação, saúde, administração, SLU, entre outros irão cruzar os braços no início da manhã.

Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (SindREDE), Luiz Roberti, entidades que representam trabalhadores de todas as áreas do governo participaram de uma reunião com a prefeitura nesta segunda. "O encontro entre a categoria e o governo terminou sem acordo, já que o governo manteve a proposta de 5,56% de reajuste salarial, enquanto os servidores pedem 15%", declarou.

Ainda segundo o diretor do SindREDE, a entidade convocou todos os trabalhadores para a reunião desta terça-feira com o objetivo de decidir se vão ou não entrar em greve geral, já que os profissionais não aceitaram a proposta da prefeitura.

Caso os participantes da assembleia decidam em manter a greve, mais de 45 mil trabalhadores irão parar suas atividades causando grande impacto em todas os serviços públicos prestados pela prefeitura.   

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave