Defesa de Genoino recorre ao STF para retorno da prisão domiciliar

Segundo os advogados, por conta de problemas de coagulação, o ex-deputado precisa de acompanhamento médico e uso adequado de medicamentos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Valter Campanato/ABr
undefined

A defesa do ex-deputado José Genoino recorreu ao Supremo Tribunal Federal para tentar garantir a volta do condenado pelo envolvimento no mensalão para a prisão domiciliar. Desde quinta-feira (1), o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores está no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. 

Antes, Genoino estava em sua casa por conta de problemas de saúde. Entretanto, um novo laudo médico afirmou que o ex-parlamentar tinha condições de cumprir a pena preso. Segundo os advogados, por conta de problemas de coagulação, ele precisa de acompanhamento médico e uso adequado de medicamentos. 

Com isso, a defesa afirma que a prisão domiciliar é necessária em 'caráter humanitário'. Segundo os advogados, o sistema penitenciário não tem condições de garantir o acesso de Genoino a exames indispensáveis. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave