Quinto suspeito de roubar armas da Central de Escoltas é preso

De acordo com a Polícia Civil, o pedreiro Sandro Bispo dos Santos foi preso na manhã desta segunda-feira

iG Minas Gerais | Da redação |

Foi preso na manhã desta segunda-feira (5), o pedreiro Sandro Bispo dos Santos, de 35 anos, suspeito de estar envolvido no roubo de armas da Central de Escoltas da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). Ele é a quinta pessoa a ser presa pelos policiais civis da Divisão de Operações Especiais (Deoesp) e teve sua prisão preventiva cumprida pela equipe da 5ª Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Antissequestro e Organizações Criminosas (Deroc).

Morador do bairro Vale da Prata, em Ribeirão das Neves, Sandro Bispo é proprietário do imóvel onde foi apreendida a maior parte das armas roubadas no dia 24 de março. Ele estava na rua, a caminho do trabalho, quando foi abordado pelos policiais e não resistiu à prisão. O pedreiro é amigo de infância de Arthur Rodrigues Nogueira, que está preso pelo crime. Arthur, por sua vez, é irmão do agente penitenciário Marco Antônio Rodrigues de Oliveira, mentor do roubo.

Sandro Bispo alegou que não tinha conhecimento de que as armas roubadas estavam sendo guardadas em sua propriedade, alegando que Arthur tinha acesso livre ao local, ficando inclusive de posse das chaves do imóvel. O pedreiro foi indiciado por posse ilegal de armas e encaminhado ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira.

Das 45 armas roubadas, atualmente faltam apenas quatro pistolas  .40 para serem recuperadas. A Polícia Civil já apreendeu 35 pistolas .40 e as todas as seis submetralhadoras que tinham sido levadas, além de carregadores e munições.

 

Leia tudo sobre: central de escoltasarmaspresosuspeitopolícia civil