Guilherme revela sacrifício contra o Goiás e mostra tornozelo inchado

Meia-atacante do Atlético afirmou que sofreu a lesão aos 20 minutos do primeiro tempo diante do Esmeraldino

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Tratamento para o inchaço no tornozelo esquerdo de Guilherme começou nesta segunda-feira
Divulgação/Assessoria
Tratamento para o inchaço no tornozelo esquerdo de Guilherme começou nesta segunda-feira

O meia-atacante Guilherme volta a sofrer uma lesão com a camisa do Atlético e ficará fora de combate ainda por tempo indeterminado - o departamento médico do Galo ainda não se pronunciou. De acordo com o jogador, a torção no tornozelo esquerdo aconteceu no meio do primeiro tempo da partida contra o Goiás, mas o camisa 17 preferiu atuar até o fim da etapa inicial no sacrifício.

Guilherme explicou que outro motivo para não deixar o campo após sentir dores no tornozelo foi a substituição de Jô também no começo do confronto.

"Torci o tornozelo por volta dos 20 minutos ainda no primeiro tempo. Subi em uma bola de cabeça e, quando desci, infelizmente aconteceu isso. Apesar da dor, fiz de tudo para ficar em campo pelo menos até o intervalo, pois senti que o time estava precisando do sacrifício de todos nós. Mesmo porque o lance foi logo após a substituição do Jô, que saiu machucado", afirmou Guilherme, por meio de sua assessoria de imprensa.

Em tratamento intensivo iniciado nesta segunda-feira, Guilherme já começa a pensar no futuro do Atlético e acredita que o clássico pode ajudar a levantar o moral da equipe para o time alvinegro iniciar uma arrancada na temporada.

"Pena que o resultado final da partida foi muito ruim para a gente. Mas nossa equipe tem muita qualidade e já vamos reverter esse quadro na próxima rodada. Nada melhor que um clássico para elevar o moral do time", comentou.

O clássico entre Atlético e Cruzeiro será às 16h deste domingo, na Arena Independência.

Leia tudo sobre: atleticogaloguilhermetornozeloinchado