Levir assume responsabilidade por derrota, mas mostra otimismo

Técnico do Galo optou por poupar alguns titulares e viu equipe armada sem eficiência e capacidade de superar o Goiás

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O técnico Levir Culpi assumiu para si a responsabilidade pela derrota do Atlético por 1 a 0 para o Goiás, domingo, no Independência, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador optou por poupar o zagueiro Leonardo Silva, os volantes Leandro Donizete e Pierre e o atacante Diego Tardelli, todos com problemas musculares, e viu a equipe ser batida em casa.

"O desempenho não foi bom novamente, mas gostaria de dizer que a responsabilidade desse resultado é completamente minha. Já trabalhamos e a opção foi minha de escalar esse time.  Achei que esses jogadores teriam nível técnico para vencer. Nós temos técnica pra vencer, mas não jogamos bem, e quem não joga bem, dificilmente vence”, analisou Levir. "Tomamos um gol que os laterais não tiveram participação alguma. O cara chutou, bateu na cabeça de alguém e não teve chance de defesa. O Fernando ainda acertou a trave. É o resultado de um time que está meio pra baixo, acho que existe explicação. Quando você está com o olho brilhando, a bola entra, as coisas começam a acontecer. Na Europa, os time são mais frios e funcionam de outra maneira. Aqui no Brasil, funcionamos muito no fator emocional, são situações que vamos aprendendo a controlar", acrescentou.

A partida de domingo foi a sexta seguida do Atlético sem vitória na temporada, sendo a primeira após a eliminação da equipe nas oitavas de final da Copa Libertadores. Para o treinador, será preciso mexer no aspecto psicológico para levar o time a se recuperar.

"Foi a primeira derrota que tive jogando com o Atlético aqui no Independência, em todas as vezes que passei aqui. Então, se tem alguém triste sou eu, mas vou dar a volta por cima. Sei como é a parte emocional do Atlético, torcida e jogadores, e vamos resolver isso. Vamos jogar bem em breve e conseguir ótimos resultados, podem ficar certos disso”, comentou.

Derrotado, o Atlético está apenas na 17ª colocação no Campeonato Brasileiro com apenas um ponto. O time volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar o Cruzeiro em clássico marcado para o Independência. Com Agência Estado

Leia tudo sobre: atleticogalolevir culpitreinadortecnico