A aposta

iG Minas Gerais |

Em um campeonato de alto nível como o Mundial, ter jogadores com larga experiência internacional, daqueles que não sentem o peso de um jogo decisivo, pode fazer toda a diferença. Além da maturidade e de ter os atalhos para as vitórias, a confiança que o grupo recebe somente pela presença do atleta tem o valor de um outro jogador em quadra. Durante o Mundial de Clubes de vôlei, em Belo Horizonte, um dos times que terá esse privilégio está longe de ser considerado o favorito. Mas os petrodólares do Al Rayyan chamaram a atenção do ponteiro búlgaro Matey Kaziysk, de 29 anos, que chega para ser uma das referências do elenco do time do Oriente. A presença de Kaziysk já causou muitos incômodos ao Sada Cruzeiro. No Mundial de 2012, ele fez parte do elenco do Trentino, que venceu o time cruzeirense na final do torneio, sagrando-se campeão pela quarta vez seguida. Nas quatro oportunidades, aliás, o búlgaro fez parte do grupo e deu importante contribuição para a vitoriosa sequência. O Al Rayyan terá, ao seu dispor, os serviços de um eficiente ponteiro passador, que promete agregar muito a um elenco de pouca tradição, sedento por tentar incomodar os grandes.

Matey Kaziysk

Posição: Ponteiro

Idade: 29 anos

Altura: 2,02m

Peso: 93 kg

Pontos fortes: saque potente e muita eficiência nos ataques. O búlgaro é considerado um jogador completo

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave