Com poucas mudanças na equipe, entrosamento do time-base é a aposta

iG Minas Gerais |

Assim como manda a tradição argentina, o volume de jogo do UPCN é seu lado forte, embasado pela dedicação extrema do time a cada ponto. As alterações no elenco foram poucas nos últimos anos, e o entrosamento também poderá ser útil para bons resultados.

“Nossa recepção e nosso ataque são as referências, temos grandes passadores e atacantes também. Acredito que, em uma competição de alto nível como o Mundial, o bloqueio e a defesa precisam de um crescimento para chegarmos perto dos principais times nesses quesitos. Primeiro, temos que pensar na classificação, como foi no ano passado. Só depois, vamos focar na possibilidade de chegar à final. Vamos dar um passo de cada vez e tentar dar o máximo a cada partida”, indica o levantador e capitão do time, Demian Gonzalez.

Estar entre os melhores times do mundo é motivo de orgulho e satisfação para os portenhos, que garantem não estar satisfeitos apenas com uma mera participação. “Estamos bastante motivados e respeitando muito os adversários. Acho que temos um time ainda mais forte do que o do ano passado, porque estamos mais entrosados e nos conhecemos ainda melhor.

Sabemos dos favoritos, do Sada Cruzeiro e do time russo, mas estamos indo para incomodar”, garante o levantador.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave