Para potencializar o cenário

Ei Música Brasil, promovido pelo Música Minas, terá debates e shows de artistas locais

iG Minas Gerais |

Atração. O grupo Dibigode Instrumental é uma das atrações do Ei Música Brasil
Betto Fernandes
Atração. O grupo Dibigode Instrumental é uma das atrações do Ei Música Brasil

O Música Minas, o Sebrae e o Circuito Cultural da Praça da Liberdade promovem nos próximos dias 12, 13 e 14 uma série de shows e debates em torno do pré-lançamento do Ei Música Brasil - Encontro Internacional de Música de Minas Gerais. O objetivo é envolver o setor musical do Estado na construção colaborativa de uma nova plataforma de promoção da música mineira, em diálogo com os movimentos do mercado digital e o ambiente de intercâmbio e cooperação internacional.

Nesta fase inicial, o Ei Música Brasil terá seis shows e duas mesas de debates, base da formação de um grupo de trabalho que vai se dedicar ao desenvolvimento da plataforma. Os shows serão todos realizados entre os dias 12 e 14, a partir das 19h, na Praça da Liberdade, e os debates nos dias 12 e 13, das 14h às 18h, no Museu Mineiro. As inscrições para as mesas de debates e a participação no grupo de trabalho podem ser feitas pelo site www.musicaminas.com, de hoje até o próximo dia 9. Toda programação é gratuita.

Os debates reunirão nomes de destaque na gestão cultural no país, com atuação no mercado da música. Serão voltados para profissionais da indústria, selos e gravadoras, casas de shows, festivais, músicos, produtores, editores, gestores, empresários, fãs e apaixonados por música. Artistas beneficiados pelos editais do programa compõem a programação de shows, revelando a diversidade da música feita no Estado, com o chorinho do Toca de Tatu, a música étnica de Sérgio Pererê, o jazz de Rafael Martini, o pós-rock do Dibigode Instrumental, a nova música popular de Luiza Brina e o acento regional de Déa Trancoso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave