Levir Culpi releva reunião para "arrumar" time do Atlético

Treinador fez críticas indiretas sem revelar nomes: "alguns estão indo pra seleção, outros em negociação, outros não estão nem aí"

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Esportes - Belo Horizonte - MG
Atletico x Goias no Campeonato Brasileiro Serie A 2014.  

FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 04.05.2014
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Esportes - Belo Horizonte - MG Atletico x Goias no Campeonato Brasileiro Serie A 2014. FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 04.05.2014

O técnico Levir Culpi, apesar de pouco tempo no comando da equipe, sabe que vai ter que trabalhar muito para fazer o time alvinegro voltar a atuar bem. Como o resultado no futebol, principalmente no Brasil, precisa ser imediato, o treinador quer resolver os problemas o mais rapidamente possível para iniciar logo uma reação.

“É claro que vamos ter reunião talvez hoje (domingo) para analisarmos o elenco, que está um pouco problemático neste momento. Estamos com contratos terminando. O Otamendi, depois da Copa, não vai mais jogar pelo Atlético. Nós temos outros bons zagueiros, mas hoje ele é o melhor do time e um dos melhores zagueiros que eu vi jogar nos últimos tempos. Alguns jogadores deverão sair, outros deverão chegar e ainda tem o potencial dos jogadores mais jovens”, disse.

“Acho que o principal é que os jogadores tem que ser como a diretoria e como a torcida. Temos que colocar um objetivo e todos têm que procurar segui-lo. Alguns jogadores estão indo pra seleção, outros estão em negociação, outros não estão nem aí, estão tranquilos. Não estamos pensando juntos. Temos que fazer esse time funcionar. A reunião deve ser hoje ainda, se possível”, completou.

O comandante alvinegro negou problemas disciplinares no elenco que poderiam explicar a forma como o time vem atuando em campo. “Não disciplinar, porque erros eu também cometo muitos, inclusive de grosseria e de falta de educação, e isso a gente tem que entender. Mas o principal é que os jogadores perderam o foco. É uma coisa natural de um time campeão, é natural do ser humano, uma acomodação natural depois que se atingiu um objetivo que parecia a maior coisa do mundo. Talvez falte um pouco de humildade para reconhecer os erros e estabelecer novos objetivos. Quero trabalhar com gente que quer vencer e não com gente que quer deixar o tempo passar”, avisou.

Levir Culpi acredita que a parada para a Copa do Mundo será muito benéfica para arrumar o time. “O divisor dessa situação está mais pra frente, que é o período da Copa, onde teremos tempo para treinar com os jogadores, treinar 15 dias. Claro que queremos resultados o quanto antes, temos que montar o elenco, colocar os objetivos e começar do zero. O time está correndo muito, mas não tem jogo para ganhar. A responsabilidade deste resultado (derrota para o Goiás) é minha. Teremos uma semana inteira para treinar e dará para termos resultados melhores. Acho que a parada da Copa vai ser um divisor de águas”, concluiu.

Leia tudo sobre: atleticogalolevir culpitecnicoreuniaofutebol