Mayweather vence Maidana e unifica cinturões no boxe

Norte-americano Floyd Mayweather Jr. defendeu invencibilidade em confronto com o argentino Marcos Maidana

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Fã de basquete, o boxeador Mayweather é considerado o atleta mais bem pago do mundo na atualidade
Reprodução/Facebook
Fã de basquete, o boxeador Mayweather é considerado o atleta mais bem pago do mundo na atualidade

O norte-americano Floyd Mayweather Jr. continua invicto no boxe profissional. Na noite de sábado, o astro manteve o cinturão dos meio-médios do Conselho Mundial de Boxe e o unificou com o da Associação Mundial de Boxe ao superar o argentino Marcos Maidana por decisão dos árbitros após a disputa de 12 rounds.

Esta foi a 46ª vitória da carreira de Mayweather, e um das mais difíceis, em que o norte-americano chegou a ser acuado nos primeiros rounds e sofreu com um corte no olho, fruto de uma cabeçada acidental que levou de Maidana. Mas o astro dominou a parte final da luta e assegurou mais um triunfo. Já o argentino perdeu na sua primeira defesa de título e agora está com 35 vitórias e quatro derrotas no seu cartel.

Mayweather ganhou a luta na avaliação de dois juízes, que deram os placares 117 a 111 e 116 a 112. Já outro apontou empate por 114 a 114. Maidana, inclusive, deu mais socos durante o combate, mas o norte-americano foi mais preciso nos seus golpes.

"Foi uma luta muito competitivo e equilibrada", disse Mayweather. "Quase sempre sou eu quem toma a iniciativa de lutar e se mover no ringue. Mas (Maidana) veio para cima de mim. Eu queria dar aos meus fãs o que eles queriam ver, resisti e lutei" completou.

Maidana, que levantou os braços para celebrar uma suposta vitória após o combate, questionou o resultado. "Eu acho que ganhei a luta", disse o argentino. "(Mayweather) Não lutou como homem", disse. "Mayweather nunca me feriu com um golpe", acrescentou.

Segundo a contagem de golpes feito pelo sistema CompuBox, Mayweather acertou 230 de 426 socos, enquanto Maidana teve êxito em 221 de 858 tentativas. O argentino disse desejar uma revanche e o norte-americano admitiu a possibilidade de voltar a enfrentá-lo. "Se os fãs querem ver a mesma luta de novo, vamos fazê-lo novamente", disse Mayweather.

Leia tudo sobre: boxeMayweatherMaidana