Ainda no hospital, dançarina de Latino baleada em assalto posta foto

Ariany Nogueira tomou um tiro quando ia se encontrar com o restante da banda; projétil teria ficado alojado no silicone de um dos seios

iG Minas Gerais | Da Redação |

Aryoncé, como é conhecida, passou por cirurgia para retirada da bala
aryonceoficial/instagram/reprodução
Aryoncé, como é conhecida, passou por cirurgia para retirada da bala

A dançarina do cantor Latino, Ariany Nogueira, baleada em uma tentativa de assalto na madrugada de sábado, no Rio de Janeiro, postou, na tarde deste domingo, uma foto diretamente do hospital em que está internada, e revelou que passa bem. "Deus me provando mais uma vez que existe em minha vida, nasci de novo", escreveu.

Ela ainda agradeceu ao cantor Latino, sua mulher, Rayanne Morais, à colega de palco, a também dançarina Elaine Linda, e aos fãs pelo apoio. "A todos você que escrevem o meu muito obrigada pelo carinho. Qualquer palavras q eu expressar aqui vai ser pouco pra agradecer!", postou. A bala que atingiu a latinete ficou alojada em uma das próteses de silicone dos seios da dançarina, segundo a assessoria de imprensa do Latino. "Foi um baita susto! Ela passou pelas 3hrs d cirurgia super bem. Agora eh so cuidar!", escreveu, no Instagram, a amiga Elaine Linda.

A dançarina segue internada no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, sem previsão de alta. O crime Aryoncé, como é conhecida, estava sozinha e dirigia seu carro, um Kia Sportage, por volta das 3h, na Cidade de Deus, zona Oeste do Rio. Ela seguia para encontrar os integrantes do grupo de Latino em um posto de combustíveis, de onde seguiriam viagem para um show em Guarapari, no Espírito Santo. Ariany foi socorrida por bombeiros.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave