Marcelo Oliveira exalta poder de reação e nova vitória como visitante

Treinador mexeu bem na equipe e teve méritos na virada suada que o Cruzeiro impôs ao Atlético-PR

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro
Washington Alves/VIPCOMM
Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro

A vitória de virada do time B do Cruzeiro, nesse sábado, para cima do Atlético-PR, passou pelas mãos do técnico Marcelo Oliveira, que soube mexer bem na equipe e pressionar o adversário na hora certa, a fim de busca a virada. Das três alterações que o comandante fez, duas foram cruciais para o triunfo, já que Alisso sofreu o pênalti que originou o gol de empate e Moreno sacramentou o resultado positivo.

O treinador celeste analisou o jogo, reconheceu alguns erros defensivos que o time cometeu, principalmente no primeiro tempo, quando deu muitos espaços ao Furacão pelo setor esquerdo. Mas a capacidade de reação da Raposa foi enaltecida por Marcelo Oliveira.

“Felizmente, foi uma vitória muito boa, de reação importante. Isso tem acontecido com nosso grupo, diante de adversidade, nos mantemos confiantes e com fé. O início foi controlado, chegamos mais que o adversário, e depois de dois laterais, a bola chegou com facilidade na área e nos descuidamos. Isso deu gás ao Atlético-PR, que é um bom time, tem velocidade nos contra-ataques. O Cruzeiro reagiu. Expulsão foi justa e aí tiramos um dos volantes para colocar o Alisson, que faz o lado do campo com muito entusiasmo. Depois, com muita bola aérea, o Marcelo seria importante ao lado do Borges. Vitória expressiva que fortalece para a sequência do campeonato”, avaliou.

Dos três jogos realizados até aqui pelo Brasileirão 2014, o Cruzeiro venceu os dois que fez como visitante, contra Bahia e agora, ante o Atlético-PR. Ambos com o 'expressinho' em campo. Os resultados foram celebrados pelo comandante, que destaca a importância de pontuar fora de casa em uma disputa de pontos corridos e a força do time celeste no Mineirão.

“Estamos felizes de ganhar do Atlético-PR fora, porque temos um ótimo desempenho em casa, pensando no segundo turno”, concluiu.

O próximo desafio da Raposa será novamente fora de seus domínios e com um fator dificultador, já que se trata do clássico com seu maior rival. Atlético e Cruzeiro se enfrentarão no domingo que vem, às 16h, no Independência, pela 4ª rodada o Nacional.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposamarcelo oliveiratecnicofutebol