Vaga temporária “segura” pelo resto do ano

iG Minas Gerais |

A facilidade em conseguir trabalhos temporários, sobretudo em datas festivas, com o comércio aquecido, é a razão pela qual Wesley Santoro, 23, evita procurar empregos formais. “Com o dinheiro que ganho trabalhando no Natal, na Páscoa e no Dia das Mães, consigo me manter na maior parte do ano. O que falta, meus pais complementam”, conta.

Plínio Campos, coordenador técnico da pesquisa de emprego e desemprego da Fundação João Pinheiro (FJP), em Belo Horizonte, diz que atualmente as pessoas têm mais condições de escolher quando procurar emprego. “Hoje é raro uma família em que todos estejam desempregados. Por isso, os jovens estão atrasando sua entrada no mercado de trabalho”, diz. Em Belo Horizonte, são 1,8 milhão de inativos. (PG)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave