Versatilidade e diversidade

iG Minas Gerais |

Natural de São Paulo, Dan Stulbach começou a carreira artística aos 20 anos em apresentações amadoras no teatro. Na ânsia de interpretar tipos variados, Dan acredita que o profissional da arte deve ser versátil em suas escolhas. “Quero coisas diferentes e que me desafiem. Quanto mais múltiplo você for, maior a chance de engrandecer”, confia.  

Em um de seus papéis mais expressivos da TV, o psicopata Marcos de “Mulheres Apaixonadas”, o ator confessa que, mesmo após dez anos do fim da novela, o público ainda lembra das cenas do personagem com a sua inseparável raquete, objeto com o qual batia na mulher. “Me divirto com as lembranças. O bom é que marcou o telespectador”, recorda.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave